Desenvolvimento e prote??o social na Am?rica Latina : a dial?tica das recomenda??es das ag?ncias multilaterais para a regi?o

El presente estudio versa sobre las pol?ticas de desarrollo y protecci?n social en Am?rica Latina buscando analizar los presupuestos e influencias que las recomendaciones de las agencias multilaterales ejercen en su conformaci?n. Para ello, fueron problematizadas las concepciones te?ricas y principa...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2018
Main Author: Teles, Heloisa lattes
Orientador/a: Reis, Carlos Nelson dos lattes
Format: Tese
Language:por
Published: Pontif?cia Universidade Cat?lica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de P?s-Gradua??o em Servi?o Social
Department: Escola de Humanidades
Assuntos em Português:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/8074
Resumo Português:O presente estudo versa sobre as pol?ticas de desenvolvimento e prote??o social na Am?rica Latina buscando analisar os pressupostos e influ?ncias que as recomenda??es das ag?ncias multilaterais exercem em sua conforma??o. Para tanto, foram problematizadas as concep??es te?ricas e principais tend?ncias que orientam o desenvolvimento e a prote??o latino-americana, o papel atribu?do ao Estado no capitalismo da Regi?o e as formas de prote??o social derivadas. O m?todo que pautou o estudo foi o materialismo hist?rico dial?tico, uma vez que viabiliza condi??es de an?lise cr?tica das causalidades explicativas da realidade social. A metodologia esteve alicer?ada na abordagem quanti-qualitativa, tendo como intervalo temporal o per?odo de 1990 a 2017 e espa?o geogr?fico a Am?rica Latina. O levantamento de dados incluiu revis?o bibliogr?fica e pesquisa documental de proced?ncia nacional e internacional. Para o processo de organiza??o e an?lise dos dados foi utilizada a t?cnica de an?lise de conte?do. A pesquisa tratou de distintas realidades buscando identificar particularidades s?cio hist?ricas que pudessem evidenciar caracter?sticas comuns entre os pa?ses e nas recomenda??es das ag?ncias internacionais para a regi?o. Sob esse aspecto, identificou-se que a estrutura b?sica das economias e Estados latino-americanos se encontra perpassada pela depend?ncia e subdesenvolvimento em rela??o aos pa?ses centrais e que esse quadro produz altos n?veis de explora??o, pobreza e desigualdade. Diante disso, in?meras recomenda??es foram formuladas por ag?ncias multilaterais no intuito de superar as graves express?es da quest?o social que se intensificam e fomentar a condi??o de desenvolvimento com ?nfase para a integra??o regional e prosperidade. No entanto, confirmando a tese veiculada no estudo, as medidas adotadas pelos pa?ses latino-americanos acabaram agravando ainda mais o quadro de depend?ncia e subordina??o, reproduzindo as caracter?sticas hist?rico-sociais conformadoras da regi?o. Por fim, pretendeu-se colocar em pauta a necessidade de analisar as perspectivas para o desenvolvimento de prote??o social na Am?rica Latina sob o ponto de vista estrutural, no intuito de propor alternativas que possam efetivamente superar o car?ter dependente e subordinado da regi?o em rela??o ?s econ?micas centrais.