Pol?cia federal : a elite policial tra?ando identidades e distin??es

Atualmente, o tema sobre "pol?cia" vem ganhando grande espa?o nos debates p?blico e privado. A Pol?cia Federal do Brasil destaca-se pelo fato de ter obtido, nos ?ltimos anos, grande reconhecimento social. Al?m disso, esta visibilidade se deu, em parte, pela m?dia, pois quase diariamente a...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2009
Main Author: Bajotto, Carolina Cancian lattes
Orientador/a: Ribeiro, Fernanda Bittencourt lattes
Format: Dissertação
Language:por
Published: Pontif?cia Universidade Cat?lica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de P?s-Gradua??o em Ci?ncias Sociais
Department: Faculdade de Filosofia e Ci?ncias Humanas
Assuntos em Português:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/4660
Citação:BAJOTTO, Carolina Cancian. Pol?cia federal : a elite policial tra?ando identidades e distin??es. 2009. 128 f. Disserta??o (Mestrado em Ci?ncias Sociais) - Pontif?cia Universidade Cat?lica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2009.
Resumo Português:Atualmente, o tema sobre "pol?cia" vem ganhando grande espa?o nos debates p?blico e privado. A Pol?cia Federal do Brasil destaca-se pelo fato de ter obtido, nos ?ltimos anos, grande reconhecimento social. Al?m disso, esta visibilidade se deu, em parte, pela m?dia, pois quase diariamente a atua??o dessa pol?cia aparece nos telejornais nacionais bem como na m?dia impressa, como jornais e revistas. A partir do trabalho de campo, realizado por meio de entrevistas com policiais federais nos cargos de delegado, agente, escriv?o, papiloscopista e perito, buscou-se analisar o pertencimento a esta corpora??o, a partir da identifica??o de aspectos que configuram a vis?o que policiais federais manifestam sobre o pr?prio trabalho. Assim, procurou-se localizar identifica??es e diferencia??es que delimitam o "ser policial federal". Dentre as conclus?es da pesquisa, destaca-se uma identidade partilhada pelos entrevistados, isto ?, uma constru??o simb?lica que configura uma identidade coletiva, que se concretiza pelas principais caracter?sticas: a) a concep??o do que seria o verdadeiro trabalho policial, b) a forma de se trabalhar, como a n?o coniv?ncia com policiais corruptos e a constante presen?a da confian?a como fator essencial para o trabalho policial e c) as conseq??ncias de se trabalhar na PF, como o v?cio ao se tornar policial federal, a percep??o do risco inerente ?s fun??es e a ren?ncia da vida particular. O segundo aspecto diz respeito ? Pol?cia Federal como "de elite" em duplo sentido: por tratar-se de uma pol?cia bem equipada e qualificada, com sal?rios dignos e boas condi??es de trabalho; e, por ser uma pol?cia que prende uma parcela da sociedade considerada privilegiada, tanto por seu status econ?micosocial, como pela sua influ?ncia pol?tica, isto ?, a elite brasileira.