Consumo sustent?vel : possibilidade de equil?brio entre teoria neocl?ssica e psicologia econ?mica

Esta disserta??o busca analisar o comportamento dos agentes econ?micos em rela??o ao consumo sustent?vel. Empregam-se duas ?ticas econ?micas que se diferem em rela??o ao conceito quanto ? racionalidade inserida no comportamento dos agentes econ?micos: teoria neocl?ssica e psicologia econ?mica. Uma d...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2009
Main Author: Azevedo, Pilar Rocha
Orientador/a: Silva, Carlos Eduardo Lobo e lattes
Format: Dissertação
Language:por
Published: Pontif?cia Universidade Cat?lica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de P?s-Gradua??o em Economia do Desenvolvimento
Department: Faculdade de Administra?, Contabilidade e Economia
Assuntos em Português:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/3876
Citação:AZEVEDO, Pilar Rocha. Consumo sustent?vel : possibilidade de equil?brio entre teoria neocl?ssica e psicologia econ?mica. 2009. 86 f. Disserta??o (Mestrado em Economia do Desenvolvimento) - Pontif?cia Universidade Cat?lica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2009.
Resumo Português:Esta disserta??o busca analisar o comportamento dos agentes econ?micos em rela??o ao consumo sustent?vel. Empregam-se duas ?ticas econ?micas que se diferem em rela??o ao conceito quanto ? racionalidade inserida no comportamento dos agentes econ?micos: teoria neocl?ssica e psicologia econ?mica. Uma das investiga??es a que se prop?e o trabalho ? quanto ? da racionalidade associada aos aspectos emocionais e cognitivos neste tipo de comportamento. Al?m disto, o trabalho tamb?m apresenta uma discuss?o sobre a relev?ncia da sociedade na tomada de decis?o do agente econ?mico em rela??o ao consumo sustent?vel. A inten??o ? analisar a hip?tese de que a decis?o pelo consumo sustent?vel ancora-se no equil?brio entre seus interesses individuais e a avalia??o da sociedade sobre tal a??o. Como resultado, identifica-se o equil?brio entre a teoria neocl?ssica e a psicologia econ?mica no comportamento dos agentes econ?micos diante ao consumo sustent?vel.