Mapas dentro de mapas : estrat?gias de articula??o entre o local, o regional e o global na Bienal do Mercosul

O tema desta disserta??o ? a Funda??o Bienal do Mercosul. Ela resulta de uma pesquisa que teve como objetivo analisar o papel desempenhado por essa organiza??o no sistema local das artes. Criada em 1995, na cidade de Porto Alegre, Brasil, por um grupo de artistas, de empres?rios e pol?ticos, essa Fu...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2008
Main Author: Fetter, Bruna Wulff lattes
Orientador/a: M?ller, L?cia Helena Alves lattes
Format: Dissertação
Language:por
Published: Pontif?cia Universidade Cat?lica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de P?s-Gradua??o em Ci?ncias Sociais
Department: Faculdade de Filosofia e Ci?ncias Humanas
Assuntos em Português:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/4653
Citação:FETTER, Bruna Wulff. Mapas dentro de mapas : estrat?gias de articula??o entre o local, o regional e o global na Bienal do Mercosul. 2008. 160 f. Disserta??o (Mestrado em Ci?ncias Sociais) - Pontif?cia Universidade Cat?lica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2008.
Resumo Português:O tema desta disserta??o ? a Funda??o Bienal do Mercosul. Ela resulta de uma pesquisa que teve como objetivo analisar o papel desempenhado por essa organiza??o no sistema local das artes. Criada em 1995, na cidade de Porto Alegre, Brasil, por um grupo de artistas, de empres?rios e pol?ticos, essa Funda??o tinha como objetivo original promover e legitimar a arte regional. Desde ent?o, a Bienal do Mercosul cresceu de forma significava, tornando-se o 2? maior evento de arte contempor?nea da Am?rica Latina, situando-se atr?s apenas da Bienal de S?o Paulo. Nas seis edi??es realizadas at? o momento, foi poss?vel observar como a cria??o e a consolida??o dessa organiza??o vem produzindo altera??es no meio art?stico local e na atua??o de seus atores; ao mesmo tempo em que se evidencia a exist?ncia de tens?es entre representantes da academia e do empresariado local (principal financiador do evento e gestor da Funda??o). A an?lise levou-nos a perceber as estrat?gias de ambas partes em busca da manuten??o ou legitima??o de suas posi??es. O estabelecimento de uma l?gica empresarial interna ? Funda??o, bem como a gradual internacionaliza??o do evento e sua independentiza??o em rela??o ? intelectualidade local surgem, ent?o, como resultado do predom?nio da estrat?gia do empresariado na defini??o dos rumos da Bienal.