Programas físico-esportivos no município de São Carlos (SP) e as pessoas com deficiência: propostas, experiências e limites

This study aims to identify the sporting programs for people with disability in São Carlos (SP), in order to comprehend the aspects of those citizens looking also at the intersectional interactions, the public policies and at the university role in such context. The idea was to get the perspective f...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2015
Main Author: Andrade, Andresa Caravage de lattes
Orientador/a: Oliver, Fátima Corrêa lattes
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Federal de São Carlos
Programa: Programa de Pós-graduação em Terapia Ocupacional
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/6903
Resumo Português:O presente estudo teve como objetivo identificar os programas físico-esportivos existentes no município de São Carlos (SP) que contemplam a participação das pessoas com deficiência, para compreender as características da população atendida, as articulações intersetoriais, as políticas públicas que os sustentam e o papel da Universidade neste contexto. Buscou-se obter a visão dos gestores, profissionais e participantes sobre tais programas, para isto, foram levantados junto às secretarias municipais de interesse e as entidades de apoio os dados pertinentes. Primeiramente, foi desenvolvida a análise documental visando compreender as políticas públicas para esta população, posteriormente, foram realizadas entrevistas e observação participante do desenvolvimento de atividades para maior aproximação com o campo. O estudo se realizou junto às Secretarias de Esporte e Lazer, Saúde, Cidadania e Assistência Social e Educação, à ONG Movimento de Informação sobre Deficiência, ao Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência, ao Serviço Social do Comércio (SESC) e a um vereador da cidade. Foram realizadas 22 entrevistas, entre gestores, profissionais e participantes e aproximadamente 58 horas de observação participante. Observa-se que no município são poucos os participantes de atividades físico-esportivas, principalmente, entre o público feminino. Em geral, os programas oferecidos, atendem, exclusivamente, às pessoas com deficiência e são pouco articulados. A Secretaria de Educação possui o programa mais antigo e estruturado. Entre os entrevistados há uma sensibilização para o tema, sendo os programas resultantes mais do esforço individual do que de uma política efetivamente articulada. Muitos dos entrevistados ressaltaram a importância da universidade para a formação de profissionais, para o desenvolvimento de pesquisas e para o atendimento à comunidade, mas destacaram que há um distanciamento com relação à sua participação nas políticas públicas. Os entrevistados destacaram a importância da valorização da atividade físico-esportiva como finalidade em si e sua contribuição para a inclusão e qualidade de vida das pessoas com deficiência. Observou-se uma visão sobre o corpo da pessoa com deficiência que se positiva quando este pode desenvolver-se como atleta. Conclui-se que as políticas para inclusão das pessoas com deficiência em atividades físico-esportivas são frágeis e encontram-se desarticuladas, o que evidencia a importância de estudos e ações para reverter este quadro.
Resumo inglês:This study aims to identify the sporting programs for people with disability in São Carlos (SP), in order to comprehend the aspects of those citizens looking also at the intersectional interactions, the public policies and at the university role in such context. The idea was to get the perspective from the managers, the related professionals and also from the participants. To do so, the necessary data was collected with the public bodies and the supporting entities. First, it was developed a document analysis to comprehend the public policies to disable people. Then, interviews were carried along with participating observation of the activities to get familiar to the field. The study was developed with some municipal departments (Sport and Leisure, Health, Citizenship and Social Assistance and Education) and also with the NGO Information Movement about Disability, Serviço Social do Comércio (SESC) as well as a city councilman. It was based on 22 interviews with managers, professionals and participants together with approximately 58 hours of participating observation. It can be concluded from these data that in the city there are few people participating of those sporting activities, especially when considering women. In general, the programs are offered only for people with disability and are not well articulated. The municipal Education department offers the oldest and best structured program. The programs are a result from the individual effort of the interviewees than from an effective articulated policy. Many of the interviewed people highlighted the importance of the university to train professionals to carry research and to work with the society. However, they also stressed that there s still a gap in university s part in public policies. They have also drawn the attention to how important it is to value sporting activities and its contribution for social integration and quality of life of people with disability. It was noticed a new look over the disabled body which is affirmed when it can develop itself as an athlete. We can conclude that policies in the area are fragile and are disarticulated, which stress the importance of studies and actions to change this context.