Caracterização química por cromatografia líquida e análise quimiométrica de espécies vegetais de Bauhinia com aplicação em controle de qualidade de amostras comerciais de pata-de-vaca

Chemical characterization by liquid chromatography and chemometric analysis of Bauhinia species (popularly known as pata-de-vaca ) with applications in quality control of commercial samples. The infusion of leaves from Bauhinia species, is commonly used in the treatment to combat various diseases, a...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2011
Main Author: Carvalho, Vinicius Augusto Perasolo e lattes
Orientador/a: Cass, Quezia Bezerra lattes
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Federal de São Carlos
Programa: Programa de Pós-graduação em Química
Assuntos em Português:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/6536
Citação:CARVALHO, Vinicius Augusto Perasolo e. Caracterização química por cromatografia líquida e análise quimiométrica de espécies vegetais de Bauhinia com aplicação em controle de qualidade de amostras comerciais de pata-de-vaca . 2011. 115 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Exatas e da Terra) - Universidade Federal de São Carlos, São Calos, 2011.
Resumo Português:Caracterização Química por Cromatografia Líquida e Análise Quimiométrica de espécies vegetais de Bauhinia com aplicação em controle de qualidade de amostras comerciais de pata-de-vaca . A infusão de folhas de espécies de Bauhinia, conhecida popularmente como pata-de-vaca , é comumente utilizada no tratamento a várias enfermidades, dentre elas o diabetes. Estudos demonstram que a espécie Bauhinia forficata é a que apresenta maior atividade hipoglicemiante dentre as espécies do gênero. Porém, devido à grande semelhança morfológica das folhas desta com as de outras espécies, ocasionalmente seu uso popular na decocção de suas folhas é feita de maneira inadequada. Desta forma, faz-se necessário o desenvolvimento de métodos para o controle de qualidade das drogas vegetais, com o objetivo de atestar a autenticidade destas. Os perfis químicos (fingerprints) obtidos por análises cromatográficas de extratos vegetais, trazem uma quantidade grande de informações, constituindo sistemas multivariados que podem ser utilizados como parâmetro de controle químico de qualidade. O presente trabalho relata a otimização da separação dos constituintes do extrato aquoso de espécies de Bauhinia por eluição gradiente no modo reverso. Posteriormente os cromatogramas foram alinhados utilizando-se o software MatLab® com o algoritmo COW (Correlation Optimized Warping) e, logo após, os cromatogramas foram submetidos a análises quimiométricas exploratórias (PCA e HCA) e usados para a criação de modelos quimiométricos supervisionados de classificação (KNN, SIMCA e PLS-DA) utilizando-se o software Pirouette®. Cento e setenta cromatogramas de extratos obtidos a partir das folhas de árvores identificadas botanicamente de três diferentes espécies - B. forficata, B. longifolia e B. variegata - foram utilizados para as Análise de Componentes Principais (PCA) e Análise de Agrupamento Hierárquico (HCA), que permitiram a visualização da distribuição nos eixos das PC s de 15 amostras comerciais de pata-de-vaca . Estas foram também analisadas utilizando-se os modelos supervisionados de classificação, onde de todas elas 3 foram classificadas como B. forficata, 6 delas classificadas como B. longifolia e 5 classificadas com B. variegata. Apenas para uma das amostras não foi possível a classificação de sua espécie devido a uma grande diferença entre as determinações dos três modelos distintos.
Resumo inglês:Chemical characterization by liquid chromatography and chemometric analysis of Bauhinia species (popularly known as pata-de-vaca ) with applications in quality control of commercial samples. The infusion of leaves from Bauhinia species, is commonly used in the treatment to combat various diseases, among them diabetes. Studies show that B. forficata species possesses the most hypoglycemic activity among the species of the genus. However, due to the extreme morphological similarity between its leaves in comparison to other species , occasionally the popular use in the decoction of leaves is improper. Thus, it is necessary to develop methods of quality control of herbal drugs, in order to certify the authenticity of them. The chemical profiles (fingerprints) obtained by chromatographic analysis of plant extracts, brings a large amount of information, providing multivariable systems that can be used as a good parameter for quality control. The present study reports the separation optimization of the constituents obtained from aqueous extract on Bauhinia species by gradient elution on reverse phase. The chromatograms were first aligned using the MatLab® software and the COW algorithm (Correlation Optimized Warping) and after, the chromatograms were subjected on exploratory chemometric analysis Principal Component Analysis (PCA) and Hierarchical Cluster Analysis (HCA) and used to create models for supervised chemometric classification (KNN, SIMCA and PLS-DA) performed using the Pirouette® software. 170 chromatograms of extracts obtained from leaves of botanically identified trees from three different species - B. forficata, B. longifolia and B. variegata - were used on analysis by PCA and HCA, which allowed the visualization of the distribution of 15 commercial samples of "pata-de-vaca". Those samples were also analyzed using the supervised classification models, and among them, 3 were classified as B. forficata, 6 were classified as B. longifolia and 5 of them were classified as B. variegata. For one of the samples it was not possible to classify its species due to large difference among the determinations obtained from the three distinct analytic tools