Utilização de altas concentrações de benzeno, tolueno e xileno (compostos BTX) como fonte de carbono por linhagens bacterianas

BTX compouds [benzene, toluene and xylene isomers (ortho, meta and para)] are light aromatics present in gasoline. They are toxic and relatively soíuble in water. This high solubility in comparison with other petroleum hydrocarbons explains their potential effect in the environment. Experimenta with...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2002
Main Author: Dulcini, Silvana Elizabeth de Méo
Orientador/a: Durrant, Lúcia Regina lattes
Format: Tese
Language:por
Published: Universidade Federal de São Carlos
Câmpus São Carlos
Programa: Programa de Pós-graduação em Ecologia e Recursos Naturais
Assuntos em Português:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/8897
Resumo Português:Compostos BTX [benzeno, tolueno e isômeros do xileno (orto, meta e para)] são aromáticos leves presentes na gasolina, sendo tóxicos e relativamente solúveis em água, o que torna preocupante o seu efeito potencial no ambiente. Experimentos de crescimento de culturas isoladas de locais contaminados com derivados de petróleo, após précondicionamento, resultaram na seleção de linhagens tolerantes a altas concentrações de BTX, que foram então avaliadas quanto à habilidade de utilização de p-xileno. Duas linhagens foram responsáveis por altos percentuais de remoção de p-xileno do meio de cultura, com 3 dias de cultivo, o que foi atribuído à biodegradação, uma vez que este composto foi fornecido como fonte única de carbono e energia ao meio, sendo capaz de promover aumento do número de células viáveis. Para a determinação da concentração de BTX nas culturas, foram utilizadas técnicas de cromatografia líquida de alta eficiência e cromatografia gasosa com detecção por ionização em chama. Foi avaliada também a produção de biossurfactantes das culturas, através das determinações das atividades de emulsificação e dos índices de emulsificação (E24) das amostras. A emulsificação não se mostrou um fator importante para a degradação, uma vez que as linhagens degradadoras não mostraram capacidade de produção de biossurfactante.
Resumo inglês:BTX compouds [benzene, toluene and xylene isomers (ortho, meta and para)] are light aromatics present in gasoline. They are toxic and relatively soíuble in water. This high solubility in comparison with other petroleum hydrocarbons explains their potential effect in the environment. Experimenta with pre-conditionated cultures, isolated from petroleum contaminated sites, were carried out with the aim of selecting sotventtolerant strains able of growing in high concentrations of BTX. Those strains were evaluated for their ability of p-xylene utilization. After 3 days of incubation, two strains were responsible for high percentages of pxylene removal from culture médium. It was concluded that these results were related to biodegradation, since the strains were able to grow in pxylene as the sole source of carbon and energy. High performance liquid chromatography and gas chromatography with flame ionization detection were used for BTX-determinationsr Biosurfactant production from the cultures was also evaluated, by emulsifying activity and emulsifying index (E24) determinations. Emulsification did not showany relationship with pxylene biodegradation.