Profissionalização do jornalismo em Mossoró/RN : profissionalismo e poder local

Universidade Federal de Sao Carlos

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2008
Main Author: Nascimento, Lerisson Christian
Orientador/a: Bonelli, Maria da Glória lattes
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Federal de São Carlos
Programa: Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais
Assuntos em Português:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/1470
Citação:NASCIMENTO, Lerisson Christian. Profissionalização do jornalismo em Mossoró/RN : profissionalismo e poder local. 2008. 96 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2008.
Resumo Português:O presente trabalho tem como objetivo compreender a relação entre profissionalismo e poder local a partir da análise do processo de profissionalização do jornalismo em Mossoró/RN. Esta cidade vive desde o início dos anos 2000 um processo de crescimento da imprensa local com a criação de novos jornais e mudanças nas técnicas de se fazer jornalismo, surgindo entre os jornalistas locais o discurso da profissionalização. Entrevistamos 17 pessoas envolvidas de uma forma ou de outra com o jornalismo impresso local, repórteres, editores, colunistas, assessores de imprensa e empresários do setor. Constatamos que o discurso do profissionalismo surge como uma tentativa de modernização da imagem das lideranças políticas locais mais do que uma política de fortalecimento de um grupo ocupacional. A cidade é governada desde os anos 1940 por uma oligarquia, os Rosado, que usam, entre outras coisas, o jornalismo local como estratégia de criação de uma imagem moderna para as práticas políticas da família. Os jornalistas locais, apesar de usarem o discurso do profissionalismo, da busca por autonomia, aceitam essa relação com as lideranças políticas da cidade. Entre eles é evidente a impossibilidade da separação entre o poder local e a prática profissional, a política da profissão precisa ser mesclada com a política convencional para que os jornalistas tenham sucesso no mercado de trabalho.