Dimensões da sustentabilidade e a sua apropriação pelas entidades da sociedade civil e pela administração municipal. Caso: projeto Jaboticabal sustentável.

Nowadays necessity exists to accomplish alternative experiences that go through the democratic participative processes on the politics considered like a refering set marker because they contribute to the construction of new relationships in the public spaces of participation between the society and...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2005
Main Author: Silva, Antonio Sergio da lattes
Orientador/a: Shimbo, Ioshiaqui lattes
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Federal de São Carlos
Programa: Programa de Pós-graduação em Engenharia Urbana
Assuntos em Português:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/4205
Citação:SILVA, Antonio Sergio da. Dimensões da sustentabilidade e a sua apropriação pelas entidades da sociedade civil e pela administração municipal. Caso: projeto Jaboticabal sustentável.. 2005. 229 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Exatas e da Terra) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2005.
Resumo Português:Atualmente, existe a necessidade de se realizar experiências alternativas que trilhem os processos democráticos participativos sobre as políticas públicas, considerados como um referencial balizador, pois contribuem para a construção de novas relações nos espaços públicos de participação entre a sociedade e o poder, rumo a uma sociedade mais sustentável. Sendo assim, esta pesquisa teve como objetivo analisar as relações entre as entidades da sociedade civil organizada e a administração pública local, na perspectiva de participação nas políticas públicas e nas dimensões da sustentabilidade determinantes na prática dos espaços participativos a partir de uma experiência piloto, o Projeto Jaboticabal Sustentável, realizada em Jaboticabal, SP. Quanto à estratégia de pesquisa, a unidade de análise foi o Grupo de Ação Jaboticabal Sustentável, composto por entidades da sociedade civil e representantes do governo municipal durante as atividades coletivas. Os resultados foram obtidos através de relatórios de atividades, realização de entrevistas e observação do pesquisador. A administração pública assumiu a função de fomentadora e centralizou suas ações na dimensão ambiental, limitando as ações em dimensão política pela restrição das formas de participação. A construção coletiva do conhecimento sobre a sustentabilidade favoreceu a compreensão dos processos participativos necessários para a transformação da cultura política. A dimensão ambiental foi a determinante nas relações entre as entidades; as entidades da sociedade civil assumiram a dimensão política perante a centralização da administração; a dimensão da sustentabilidade não incorporada pela administração foi a política. Neste caso, a dimensão política da sustentabilidade passa a ser determinante nas relações para o alcance da sustentabilidade. A nulidade ou a unilateralidade da dimensão política nas relações entre entidades da sociedade civil organizada e a administração pública enfraquece a transdimensionalidade presente na dimensão política da sustentabilidade, pois é nesta dimensão que se ancora a sinergia e a ressonância dos ideários das ações nas diferentes dimensões, moldando a própria sustentabilidade. A dimensão política se apresenta como eixo norteador nas relações para o alcance da sustentabilidade.
Resumo inglês:Nowadays necessity exists to accomplish alternative experiences that go through the democratic participative processes on the politics considered like a refering set marker because they contribute to the construction of new relationships in the public spaces of participation between the society and the power heading for a more sustainable society. Then the objetive of this research was to analyze the relationships between the entities of the organized civil society and the local public administration in the participation by the perspective of the sustainability dimension which are determining at the practice of the participation space to leave from a pilot experience called Sustainable Jaboticabal Project accomplished at Jaboticabal, State of São Paulo. The unit of analisys was the Sustainable Jaboticabal Group Action composed by entities of the civil society and the municipal government's representatives during the collective activities. The results were obtained through reports of activities, accomplishment of interviews and the researcher's observation. The public administration assumed the function of provider and its action were centralized at the environmental dimension and limited the development of the political dimension by restriction on the participation ways. The collective construction of the knowledge about sustainable favored the understanding of the participative processes for the transformation of the political culture. The environmental dimension was like a determining in the relationships between the entities; the entities of the civil society adopted the political dimension before the centralization of the administration; the dimension of the sustainable not incorporated by public administration was the politics. In this case, the political dimension of the sustainable is decisive in the relationships to reach the sustainable. The nullity or the unilaterality of the political dimension in the relationships between entities of the organized civil society and the public administration it weakens transdimensionality which is present at the centrality of the political dimension of the sustainability because it is on this dimension that the synergy and the resonance of the actions devise in the different dimensions are anchored and then moulding own sustainability. The political dimension itself presents like shaft leader in the relationships to reach the sustainability.