Dialogismo e tradução intersemiótica em Pink Floyd The Wall: luto e melancolia na Inglaterra do pós-guerra

The film Pink Floyd The Wall, adaptation to the cinema of the Pink Floyd´s concept album, tells the Pink´s story, a musician, that was born in England during the World War II final years, he had his father died in a battle and this fact start a process of depression and melancholy that culminate in...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2010
Main Author: Martucci, Maurício Dotto lattes
Orientador/a: Soares Junior, José Gatti lattes
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Federal de São Carlos
Programa: Programa de Pós-graduação em Imagem e Som
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/5590
Citação:MARTUCCI, Maurício Dotto. Dialogismo e tradução intersemiótica em Pink Floyd The Wall: luto e melancolia na Inglaterra do pós-guerra. 2010. 100 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2010.
Resumo Português:O filme Pink Floyd The Wall, adaptação para o cinema do álbum conceitual da banda Pink Floyd, narra a história, desde a infância até sua completa alienação, do protagonista Pink, um músico nascido na Inglaterra nos anos finais da Segunda Guerra Mundial, cuja morte do pai durante a guerra lhe desencadeia um processo de depressão e melancolia que culmina em sua total apatia diante da vida. A presente pesquisa, tendo como foco o teor literário das canções do álbum original, tem por objetivo o estudo da estrutura formal do tecido fílmico, suas diferenças, semelhanças e complementaridades com a narrativa musical contida no álbum, observando e constatando os processos de tradução e recriação de uma obra para outra, além das relações dialógicas entre as diferentes problemáticas, contextualizações, linguagens e representações exploradas na obra.
Resumo inglês:The film Pink Floyd The Wall, adaptation to the cinema of the Pink Floyd´s concept album, tells the Pink´s story, a musician, that was born in England during the World War II final years, he had his father died in a battle and this fact start a process of depression and melancholy that culminate in his total apathy towards life. This research has its focus on the literary content of the songs from the original album, the aim is study the film formal structure, its differences, similarities and complementarities comparing to the album narrative, observing the translation and artistic recreation process from the album to the movie and also confirming the dialogical relations between the different problems, contextualization, languages and representations explored in this art piece.