Entre a sensibilidade utópica e a esperança cristã em Renato Russo: filiações teológico-literárias

Amongst the symbolic and imagical bonds that the humanity created to defy its finitude or to expand its existence, it is the religion as bigger element of relationship between the individuals and a superior being capable to raise its dimensions. Parallel to the religion, there is the literary art as...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2009
Main Author: Dantas , Fabrício Cordeiro
Orientador/a: Silva, Eli Brandão da
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Estadual da Paraíba
Programa: Programa de Pós-Graduação Profissional em Formação de Professores - PPGPFP
Department: Centro de Educação - CEDUC
Assuntos em Português:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://tede.bc.uepb.edu.br/tede/jspui/handle/tede/2669
Citação:Dantas , Fabrício Cordeiro. Entre a sensibilidade utópica e a esperança cristã em Renato Russo: filiações teológico-literárias. 2009. 141 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação Profissional em Formação de Professores - PPGPFP) - Universidade Estadual da Paraíba, Campina Grande.
Resumo Português:Dentre os vínculos simbólicos e imagéticos que a humanidade criou para desafiar sua finitude ou expandir sua existência, está a religião como elemento maior de relacionamento entre o sujeito e um ente superior capaz de elevar suas dimensões. Paralelamente à religião, temos a arte literária como elemento de expansão espiritual e propiciador de alívio às inquietações humanas. Seja na religião ou na arte, o ser humano costuma utilizar-se, individualmente ou culturalmente, de sentimentos reestruturantes e utópicos. É o caso da obra de Renato Russo, vocalista da extinta banda Legião Urbana, que, entre as décadas de 1980 e 1990, reescreveu, de modo literário, esperanças e utopias, em um entremeio entre aspirações tradicionais e a esperança cristã, e que continua contagiando antigos e novos apreciadores de sua obra. Sendo assim, considerando os elementos intrinsecamente utópicos da religião cristã e da música, visamos neste trabalho, a partir de uma abordagem teológico-literária, verificar como Renato Russo constrói, ao longo de suas canções, elementos teológico-utópicos mediante uma linguagem criativa capaz muitas vezes de construir metáforas e intertextualidades primorosas a partir de símbolos sobretudo cristãos.
Resumo inglês:Amongst the symbolic and imagical bonds that the humanity created to defy its finitude or to expand its existence, it is the religion as bigger element of relationship between the individuals and a superior being capable to raise its dimensions. Parallel to the religion, there is the literary art as expansion element spiritual and propitiator of relief to the fidgets human beings. Either in the religion or the art, the human being is accustomed to appropriate, individually or culturally, of restructuring and utopian feelings. It is the case of the literary work of Renato Russo, vocalist Renato of the extinct band Legiao Urbana, that, between the decades of 1980 and 1990, rewrote, in literary way, hopes and utopias, in the intermediate space between the traditional aspirations and the Christian hope, and that continues invading the old and youths appreciators of its work. Being thus, considering the utopian elements intrinsically of the Christian religion and the literary art, we aim in this dissertation, from a theological-literary boarding, to verify that way Renato Russo constructs, along its songs, theological-utopian elements by means of a creative language capable a lot of times to construct metaphors and exquisite intertextualities from mainly Christian symbols.