PROTEÇÃO SOCIAL ÀS CRIANÇAS INDÍGENAS NO MUNICÍPIO DE PONTA GROSSA – PARANÁ: POSSIBILIDADES E LIMITES NO CAMPO DA REPRESENTAÇÃO

For the Brazilian society in general indigenous issues is seen as complex as it seeks to integrate the various indigenous ethnic groups with non-Indian, a nationalist ideological discourse, while preserving their culture starting with abstract conceptions and general on the subject. Symptomatic of t...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2013
Main Author: Buzato, Luiz Fernando Taques Fonseca lattes
Orientador/a: Barros, Solange Aparecida Barbosa de Moraes lattes
Co-advisor: Cervi, Emerson Urizzi lattes
Banca: Bronosky, Marcelo Engel lattes, Albernaz, Renata Ovenhausen
Format: Dissertação
Language:por
Published: UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA
Programa: Programa de Pós Graduação em Ciências Sociais Aplicadas
Department: Sociedade, Direito e Cidadania
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://tede2.uepg.br/jspui/handle/prefix/337
Citação:BUZATO, Luiz Fernando Taques Fonseca. PROTEÇÃO SOCIAL ÀS CRIANÇAS INDÍGENAS NO MUNICÍPIO DE PONTA GROSSA – PARANÁ: POSSIBILIDADES E LIMITES NO CAMPO DA REPRESENTAÇÃO. 2013. 104 f. Dissertação (Mestrado em Sociedade, Direito e Cidadania) - UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA, Ponta Grossa, 2013.
Resumo Português:Para a sociedade brasileira de um modo geral a questão indígena é vista como complexa, pois busca-se integrar as diferentes etnias indígenas com o não índio, num discurso ideológico nacionalista, e ao mesmo tempo preservar a sua cultura partindo-se de concepções abstratas e genéricas sobre o tema. Sintomático disto são as diversas formas de se referir aos povos autóctones ao longo da história, observadas tanto na literatura quanto na formulação e aplicação de direitos. Diante desta realidade, essa pesquisa tem como objeto de estudo a proteção social destinada a crianças indígenas que costumeiramente pernoitam na cidade de Ponta Grossa em companhia de suas famílias na venda de artesanatos, com o objetivo de compreender, através dos diferentes discursos dos agentes representantes do poder público, como estes interpretam e aplicam os direitos e garantias a crianças indígenas. Busca-se, através destes discursos, apreender quais as concepções e representações que estes agentes têm acerca das crianças indígenas no município e como isto influencia na proteção social, através de suas práticas. Neste intuito, a pesquisa se utilizará da revisão bibliográfica como seu suporte teórico, tanto para introduzir o leitor no campo da representação, quanto para apresentar a construção da imagem do índio e das suas crianças no Brasil, e para discorrer brevemente sobre os principais conflitos e tensões existentes entre índios e não índios na história do país; da coleta de dados junto a Casa de Apoio ao Índio para conhecer o perfil das famílias e crianças indígenas que permanecem ali; e da pesquisa de campo através de conversas informais mantidas com os agentes públicos responsáveis pela questão indígena no município e da coleta de depoimento pessoal deles através de questionário semi-estruturado. Desta forma, a pesquisa será composta por três capítulos, a fim não apenas de situar brevemente o leitor quanto a questão indígena em Ponta Grossa, mas de permitir a reflexão sobre as possibilidades e limites da proteção social das crianças indígenas no município, através do campo das representações.
Resumo inglês:For the Brazilian society in general indigenous issues is seen as complex as it seeks to integrate the various indigenous ethnic groups with non-Indian, a nationalist ideological discourse, while preserving their culture starting with abstract conceptions and general on the subject. Symptomatic of this are the various ways of referring to indigenous peoples throughout history, observed both in literature and in the formulation and enforcement of rights. Given this reality, this research aims to study social protection aimed at indigenous children who usually stay overnight in the city of Ponta Grossa in the company of their families in the sale of handicrafts, in order to understand, through the different speeches of representatives of agents government, how they interpret and apply the rights and guarantees to indigenous children. Looking up through these speeches, which grasp concepts and representations that these agents have on indigenous children in the city and how this impacts on social protection, through their practices. To this end, the research uses the literature review as its theoretical support, both to introduce the reader to the field of representation, and to present the image of the Indian construction and their children in Brazil, and to briefly discuss the main conflicts and tensions between Indians and non-Indians in the country's history, the collection of data from the Home Support Indian to know the profile of indigenous families and children who remain there, and field research through informal conversations held with public officials responsible for indigenous issues in the county and collection of their personal testimony through semi-structured questionnaire. Thus, the research will consist of three chapters, in order not only to situate the reader briefly about indigenous issues in Ponta Grossa, but to allow reflection on the possibilities and limits of social protection of indigenous children in the county, through field representations.