AS MULHERES REMANEJADAS PELA USINA HIDRELETRICA DE MAUÁ: A INVISIBILIDADE DE GÊNERO

The central objective of this study is to analyze the process of population relocation and the consequences of this on women relocated during the construction of the Mauá Hydroelectric Plant, located on the Tibagi River, between the cities of Ortigueira and Telemaco Borba, State of Parana. For this,...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2015
Main Author: Carmona, Rafael Garcia lattes
Orientador/a: Schimanski, Edina lattes
Banca: Corona, Hieda Maria Pagliosa lattes, Silva, Lenir Aparecida Mainardes da lattes
Format: Dissertação
Language:por
Published: UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA
Programa: Programa de Pós Graduação em Ciências Sociais Aplicadas
Department: Sociedade, Direito e Cidadania
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://tede2.uepg.br/jspui/handle/prefix/242
Citação:CARMONA, Rafael Garcia. AS MULHERES REMANEJADAS PELA USINA HIDRELETRICA DE MAUÁ: A INVISIBILIDADE DE GÊNERO. 2015. 124 f. Dissertação (Mestrado em Sociedade, Direito e Cidadania) - UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA, Ponta Grossa, 2015.
Resumo Português:O objetivo central deste trabalho é analisar o processo de remanejamento populacional e as consequências deste na vida das mulheres remanejadas por ocasião da construção da Usina Hidrelétrica de Mauá, localizada no rio Tibagi, entre os Municípios de Ortigueira e Telêmaco Borba, no Estado do Paraná. Para isto, partimos do pressuposto de que a construção de hidrelétricas no Brasil sempre teve significativa relevância no contexto do crescimento econômico. Desta forma, ao se tratar de geração de energia, deve-se levar em consideração o seu significado para o sistema capitalista, que tem importante função de preservação e manutenção do modo de produção, sendo condição para o chamado desenvolvimento econômico brasileiro. Dessa forma, buscaremos apontar os desdobramentos do remanejamento populacional na vida das mulheres agricultoras remanejadas pela construção da UHE Mauá. A construção deste estudo buscou evidenciar a mulher agricultura atingida pela UHE Mauá, a partir da invisibilidade de gênero presente nos estudos ambientais de licenciamento e das falas dos sujeitos da pesquisa. Neste sentido, lançamos mão de pesquisa qualitativa com caráter exploratório, com o objetivo de demostrar sua singularidade no contexto do remanejamento populacional da construção da UHE que, apesar das transformações na vida das atingidas, não representou a possibilidade de construção de uma perspectiva positiva em relação ao futuro. Ao contrário, identifica-se a prevalência, entre as mulheres, de uma visão pessimista, focada apenas no presente, não se conseguindo vislumbrar projetos de vida e, consequentemente, possuindo grandes dificuldades de romper as amarras relativas as limitações econômicas e sociais. Com a pesquisa verificou-se que embora a UHE Mauá tenha trazido garantia de renda para as mulheres, ela não representou a ruptura com a lógica patriarcal que oprime e adoece as mulheres na região de Ortigueira/PR.
Resumo inglês:The central objective of this study is to analyze the process of population relocation and the consequences of this on women relocated during the construction of the Mauá Hydroelectric Plant, located on the Tibagi River, between the cities of Ortigueira and Telemaco Borba, State of Parana. For this, we assume that the construction of dams in Brazil has always had significant relevance in the context of economic growth. Thus, when it comes to power generation, one should take into account their significance for the capitalist system, which has an important function of preservation and maintenance of the production process, a condition for the so-called Brazilian economic development. Thus, we point out the consequences of population relocation in the lives of women farmers relocated for the construction of the Mauá Hydroelectric Power Plant. The construction of this study sought to highlight the woman agriculture affected by the Mauá Hydroelectric Plant, from the gender invisibility present in environmental licensing studies and statements of the research subjects. In this sense, we launched qualitative research hand with exploratory, aiming to demonstrate its uniqueness in the context of population relocation of the construction of Hydroelectric Plant that despite the changes in the life of affected, did not represent the possibility of building a positive outlook on the future. On the contrary, it identifies the prevalence among women, a pessimistic view, focused only on the present, not managing to glimpse life projects and therefore having great difficulty breaking the shackles on the economic and social constraints. Through research it was found that although the Mauá Hydroelectric Plant has brought income security for women, it did not represent a break with the patriarchal logic that oppresses and sick women in the region of Ortigueira / PR.