CIDADANIA E RELAÇÕES DE CONSUMO NO CENTRO DE COMÉRCIO POPULAR DE PONTA GROSSA: UM OLHAR ETNOGRÁFICO

This dissertation deals with the dynamic relationships between citizenship and consumption processed at Centro de Comércio Popular de Ponta Grossa (PR) (CCP), public space for urban consumption. The CCP is a popular market, created in 2002 that relocated informal traders who worked at the João Pesso...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2013
Main Author: Portes, Gustavo Emanoel Pacheco lattes
Orientador/a: Bronosky, Marcelo Engel lattes
Co-advisor: Schimanski, Edina lattes
Banca: Beviláqua, Ciméia Barbato lattes, Barros, Solange Aparecida Barbosa de Moraes
Format: Dissertação
Language:por
Published: UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA
Programa: Programa de Pós Graduação em Ciências Sociais Aplicadas
Department: Sociedade, Direito e Cidadania
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://tede2.uepg.br/jspui/handle/prefix/343
Citação:PORTES, Gustavo Emanoel Pacheco. CIDADANIA E RELAÇÕES DE CONSUMO NO CENTRO DE COMÉRCIO POPULAR DE PONTA GROSSA: UM OLHAR ETNOGRÁFICO. 2013. 151 f. Dissertação (Mestrado em Sociedade, Direito e Cidadania) - UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA, Ponta Grossa, 2013.
Resumo Português:Esta dissertação trata das relações dinâmicas entre cidadania e consumo processadas no Centro de Comércio Popular de Ponta Grossa (CCP) - PR, espaço público de consumo urbano. O CCP constitui um mercado popular, criado em 2002 que realocou comerciantes informais que trabalhavam na Praça João Pessoa, em Ponta Grossa. Com a realocação, os comerciantes obtiveram acesso a um novo espaço de consumo, publico e formalizado, embora ainda existentes reminiscências do passado da Praça, sobretudo nas dimensões da legalidade dos produtos ofertados. Todavia, para além de um simples espaço de consumo, o CCP revela-se ambiente de mediações hostis entre esfera pública e comerciantes, ao passo que constitui um micro ambiente de relações sociais plurais em que o consumo e práticas adjacentes constituem colunas centrais na construção de sentido nas relações sociais de seus sujeitos. A investigação apresentada consta de uma pesquisa qualitativa em Ciências Sociais, fenomenológica, a qual inclui a prática etnográfica.
Resumo inglês:This dissertation deals with the dynamic relationships between citizenship and consumption processed at Centro de Comércio Popular de Ponta Grossa (PR) (CCP), public space for urban consumption. The CCP is a popular market, created in 2002 that relocated informal traders who worked at the João Pessoa Square, in Ponta Grossa. With the relocation, merchants gained access to a new consumer space, public and formalized, although reminiscences of the past of the Square still exist, especially in the dimensions of the legality of the products offered. However,beyond a simple space of consuming, CCP revealed hostile environment mediations between merchants and the public sphere, while constituting a micro environment in which consumption relations are central columns and plural social relations are adjacent practices in the construction of meaning in the social relations of their subjects. The research presented consists of a qualitative research in social sciences, a phenomenology research, which includes ethnographic practice.