Lazer e o direito à cidade: o caso das assessorias esportivas no parque Barigui, Curitiba/PR

A intenção principal da pesquisa consiste em problematizar a apropriação dos parques públicos do município de Curitiba/Paraná, em especial o Parque Barigui, por empresas de cunho privado (assessorias esportivas). Nesse âmbito, buscou-se compreender de que forma a apropriação do Parque Barigui, por m...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2017
Main Author: Maranho , Mariana Ciminelli lattes
Orientador/a: Oliveira Junior, Constatino Ribeiro de lattes
Banca: Chavichiolli, Fernando, Antunes, Alfredo Cesar, Bega, Maria Tarcisa da Silva, Leandro, José Augusto
Format: Tese
Language:por
Published: Universidade Estadual de Ponta Grossa
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais Aplicadas
Department: Setor de Ciências Sociais Aplicadas
Assuntos em Portugês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://tede2.uepg.br/jspui/handle/prefix/2439
Citação:MARANHO, M. C. Lazer e o direito à cidade: o caso das assessorias esportivas no parque Barigui, Curitiba/PR. 2018, 316f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais Aplicadas), Universidade Estadual de Ponta Grossa, Ponta Grossa, 2018.
Resumo Português:A intenção principal da pesquisa consiste em problematizar a apropriação dos parques públicos do município de Curitiba/Paraná, em especial o Parque Barigui, por empresas de cunho privado (assessorias esportivas). Nesse âmbito, buscou-se compreender de que forma a apropriação do Parque Barigui, por meio de assessorias esportivas, molda (ou não) formas específicas de acesso ao lazer. Para tanto, foi desenvolvida uma pesquisa de caráter qualitativo, por meio de estudo de caso do Parque Barigui, o qual é exemplar nesta estratégia de ocupação, agrupando o maior número de assessorias esportivas dentre os espaços públicos do município. Para o levantamento de dados empíricos, foi realizada observação no parque em questão, bem como entrevistas semiestruturadas com gestores públicos, usuários do parque, representantes e alunos das assessorias esportivas atuantes nesse espaço. Os dados coletados na pesquisa de campo foram analisados com base na técnica da análise de conteúdo. Para o delineamento da pesquisa, a tese abordou a discussão sobre o lazer e o espaço, a produção do espaço urbano no município de Curitiba, a apropriação do espaço urbano, e a relação entre a cidadania e a apropriação do espaço público. A análise do espaço público se destacou na pesquisa visto que, atualmente, o mesmo tem ocupado na cidade moderna um papel de destaque, podendo ser considerado elemento articulador e ordenador da sociedade. É por meio de sua apropriação pelos sujeitos que o mesmo adquire sentido e significado. Nesse contexto, ao compreender essas formas de apropriação e, como consequência, os sentidos e significados atribuídos ao espaço é possível entender as relações sociais que se estabelecem nesse âmbito. As cidades, então, se constituem pelas diversas práticas sociais ao longo da história, que estão relacionadas à constituição do espaço. O município de Curitiba relaciona-se a esta discussão, visto que, historicamente, foi marcado por grandes transformações do espaço urbano promovidas pela prefeitura, as quais levaram à criação de diversos espaços públicos. Nesse processo, pode-se destacar a criação dos parques urbanos, que se tornaram locais de sociabilidade da população, apresentados pela prefeitura como espaços-síntese da vida coletiva dos curitibanos e apropriados sob a égide do lazer. Por meio da apropriação desses espaços é possível estabelecer uma relação com a conquista da cidadania, ou seja, a relação entre o espaço público e a cidadania enquanto direito à cidade. A presença das assessorias esportivas nestes espaços, enquanto agente privado, sugere o comprometimento da cidadania, erigindo barreiras simbólicas. No entanto, a pesquisa mostrou que, ao mesmo tempo, essa forma de apropriação pode propiciar a transformação do espaço em lugar, dotando-o de sentido e contribuindo, dessa maneira, para a materialização da cidadania.
The main intention of the research is to discuss the problems of public parks´ appropriation in Curitiba / Paraná, especially Barigui Park, by private companies (sports advisory). In this scope, in order to understand the appropriation of Barigui Park, through sports advisory, establishing (or not) specific forms to leisure access. Therefore, it was developed a qualitative research, through a case study at Barigui Park, which is an example on this occupation strategy, gathering the largest number of sports advisories on the public spaces of the city. For the survey of empirical data, it was taken into account the park observation, as well as semi-structured interviews with public managers, park users, representatives and students of advisory sport services on this space. The data collected in the field research was analyzed based on content analysis technique. For the research design, the thesis focused on the discussion about leisure and space, the production of urban space in Curitiba, the appropriation of urban space, and the relationship between citizenship and the appropriation of public space. The public space analysis was pointed out in the research providing that, currently, it has developed a prominent role in the modern city; it can be considered a coordinator and organizer of the society. And it is through its appropriation by the subjects that it achieves its sense and meaning. In this context, understanding these forms of appropriation and, consequently, the sense and meanings attributed to space, it is possible to understand the social relations built up in this scope. The cities, therefore so, are made up by a variety of social practices throughout the history, which are related to the space constitution. Curitiba is linked to this discussion, due to the fact that, historically, it has been impacted for big changings of the urban space brought about by the city hall, which led to the creation of several public spaces. In this process, we can stand out the creation of urban parks, which became places of population sociability, presented by the city hall as synthesis-spaces of collective life of Curitiba inhabitants and suitable under the auspices of leisure. Through the appropriation of these spaces it has been possible to build up a relation with the conquest of citizenship, that is, the relation between the public space and citizenship as a right of the city. The attendance of sports advisories in these spaces, as a private agent, suggests the commitment of citizenship, building up symbolic barriers. However, the research showed that, simultaneously, this kind of appropriation can provide the changing of space into place, endowing it with meaning and, thus, enabling the materialization of citizenship.