Familias monoparentais e vulnerabilidades: uma abordagem a partir dos Centros Municipais de Educação Infantil de Ponta Grossa - PR - 2007/2008

This essay has as objective the study of the daily life of singled-parented families in social vulnerable situation addressed in the Municipal Center for Children Education. The families researched, besides being alone in their homes, have what literature points as social vulnerability. Along the es...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2008
Main Author: Souza, Virginia de lattes
Orientador/a: Leandro, Jose Augusto lattes
Banca: Cavalcante, Fatima Gonçalves lattes, Barros, Solange Aparecida Barbosa de Moraes lattes
Format: Dissertação
Language:por
Published: UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA
Programa: Programa de Pós Graduação em Ciências Sociais Aplicadas
Department: Sociedade, Direito e Cidadania
Assuntos em Portugês:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://tede2.uepg.br/jspui/handle/prefix/277
Citação:SOUZA, Virginia de. Familias monoparentais e vulnerabilidades: uma abordagem a partir dos Centros Municipais de Educação Infantil de Ponta Grossa - PR - 2007/2008. 2008. 174 f. Dissertação (Mestrado em Sociedade, Direito e Cidadania) - UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA, Ponta Grossa, 2008.
Resumo Português:Essa dissertação tem como objeto de estudo o cotidiano das famílias monoparentais em situação de vulnerabilidade social atendidas nos Centro Municipais de Educação Infantil da cidade de Ponta Grossa – PR. As famílias pesquisadas, além de encontrarem-se sozinhas em seus lares, possuem aquilo que a literatura aponta como vulnerabilidade social. No decorrer da dissertação, discutem-se os eventos que vulnerabilizam as famílias, analisando os fatores econômicos, local de moradia, fragilização dos vínculos afetivo-relacionais, discriminação por gênero e por deficiência. Verificaram-se quais determinantes dificultam ou facilitam o cotidiano destas famílias com relação à educação, manutenção e proteção dos filhos. A partir dos CMEIs pesquisados, constatou-se a existência de um significativo número de famílias cujos arranjos são monoparentais. Ainda que os arranjos nucleares e extensos prevaleçam, a monoparentalidade vem se destacando como fenômeno social. Conclui-se que, para o espaço do município de Ponta Grossa – PR, os arranjos monoparentais chefiados por mulheres predominam. A renda familiar masculina prevalece superior à feminina, porém as mulheres apresentam maior escolaridade com relação aos homens. A pesquisa apontou a existência de uma rede primária de solidariedade que auxilia as famílias em diversas situações cotidianas. Tanto a chefia masculina como a feminina utilizam a rede de apoio, sendo que os homens a utilizam para os cuidados com a prole e as mulheres para os cuidados e manutenção financeira do lar.
Resumo inglês:This essay has as objective the study of the daily life of singled-parented families in social vulnerable situation addressed in the Municipal Center for Children Education. The families researched, besides being alone in their homes, have what literature points as social vulnerability. Along the essay the events which make families vulnerable have been discussed, analyzing the factors such as the weakening of relational-affective links, discrimination by gender, by territory and by disability. It has been evidenced which determinants hinder or facilitate the daily lives of these families with respect to education, maintenance and protection of children. Taking into account the CMEI’s researched in Ponta Grossa city – PR, it has been evidenced the existence of a relevant number of families which arrangements are singled-parented. Even with the prevalence of the nuclear and extended parenting arrangements, the single-parenting has become relevant as a social phenomenon. It is concluded that for the territory of Ponta Grossa – PR, the singled-parented arrangements conducted by the mother are predominant. The male income exceeds the female ones, however the women present a higher level of education compared to the researched men. The research pointed the existence of a primary net of solidarity which helps the families in many daily situations. Both the male and female parents use this support net, being the men the ones who use it for the care of the children and the women, the ones who use it for the cares and home financial support.