A DIMENSÃO PEDAGÓGICA DA PARTICIPAÇÃO POLITICA: O CASO DOS CONSELHEIROS GESTORES DE SAÚDE DO MUNICÍPIO DE SÃO MATEUS DO SUL (GESTÃO 2015-2016)

This work analyzes the possibility of a pedagogical dimension pertaining the political activity on Brazilian City Health Councils and what would this dimension. To do so we rely on different theoretical conceptions about democracy and the real democracy model which is practiced in Brazil.. The empir...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2017
Main Author: Simões, Rosilda Ribeiro lattes
Orientador/a: Luiz, Danuta E. Cantóia lattes
Co-advisor: Cunha, Luiz Alexandre Gonçalves lattes
Banca: Souza, Maria Antonia de lattes, Schimanski, Edina lattes
Format: Dissertação
Language:por
Published: UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA
Programa: Programa de Pós Graduação em Ciências Sociais Aplicadas
Department: Sociedade, Direito e Cidadania
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://tede2.uepg.br/jspui/handle/prefix/268
Citação:SIMÕES, Rosilda Ribeiro. A DIMENSÃO PEDAGÓGICA DA PARTICIPAÇÃO POLITICA: O CASO DOS CONSELHEIROS GESTORES DE SAÚDE DO MUNICÍPIO DE SÃO MATEUS DO SUL (GESTÃO 2015-2016). 2017. 165 f. Dissertação (Mestrado em Sociedade, Direito e Cidadania) - UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA, Ponta Grossa, 2017.
Resumo Português:Este trabalho analisa a possibilidade de a participação política nos Conselhos Municipais de Saúde ter uma dimensão pedagógica e qual seria essa dimensão. Para tanto, utiliza-se como suporte teórico diferentes concepções de democracia e o modelo concreto de democracia posto no Brasil. As evidências empíricas da pesquisa são entrevistas com os conselheiros municipais de saúde do município de São Mateus do Sul, Paraná. Trata-se de uma pesquisa qualitativa exploratória que visa a uma aproximação com a realidade empírica da participação política e o seu potencial pedagógico que, embora bastante teorizado, não é evidente em si mesmo. A coleta de dados foi feita por meio de entrevista semi estruturada, com amostra correspondente à metade dos representantes titulares dos segmentos não governamentais – 07 conselheiros. Os dados, coletados durante o ano de 2016 e referentes à gestão do Conselho Municipal de Saúde de 2015-2016, foram sistematizados e analisados mediante a técnica de análise de conteúdo, através das seguintes categorias: experiência e conhecimento, concepção de democracia, valores associados à prática democrática e desafios da prática conselhista. O estudo permite inferir uma dimensão pedagógica na prática conselhista, verificando-se que ela proporciona um aprendizado para além do técnico instrumental (questões burocráticas, orçamentárias, etc): os sujeitos de pesquisa demonstram refletir sobre o próprio aprendizado e apresentam uma concepção de democracia ampliada em relação ao senso comum. Por outro lado, vislumbra-se um déficit de participação do segmento representativo da sociedade civil no que diz respeito aos representantes do segmento usuários, fator que pode ser relacionado a um diagnóstico superficial sobre os desafios da prática conselhista.
Resumo inglês:This work analyzes the possibility of a pedagogical dimension pertaining the political activity on Brazilian City Health Councils and what would this dimension. To do so we rely on different theoretical conceptions about democracy and the real democracy model which is practiced in Brazil.. The empirical evidences of this research are interviews with health councilors from the city of São Mateus do Sul, State of Paraná. It’s qualitative exploratory research that aims to approach the empirical reality of political participation and its pedagogical potential that – though sufficiently theorized – is not evident in itself. The data were collected through semi-structured interviews with a sample size corresponding to half of the representatives from the non-governmental segments – a total of 7 councilors. These data were collected on the course of the year 2016 and refer to the 2015-2016 term of the City’s Health council, and were arranged and analyzed using the content analysis technique with the following categories: experience and knowledge, conception of democracy, values associated to democratic practices and challenges to the council practice. From this study we infer that the council practice has a pedagogical dimension because it enables a learning beyond the instrumental and technical knowledge (bureaucratic, budgetary issues etc.): the research subjects show the ability to reflect uponm their own learning process and an extended democracy conception in comparison to the common-sense conception. On the other side we perceive a deficitary participation of civil society’s representative segment on behalf of the users segment’s participation – which could be related to a superficial diagnosis about the challenges of council practice.