“PARA PRESIDENTE, VOTE NA GENTE” As personalidades presentes nos programas do PT e PSDB veiculados no horário eleitoral de 2002, 2006 e 2010.

The purpose of this paper is to analyze the personalities that appear in the first round of the election campaigns for the presidency of Brazil taken from the political free advertising time (HGPE) of the two major brazilian parties, PT and PSDB, in the years of 2002, 2006, and 2010. The choice for...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2013
Main Author: Tavares, Camilla Quesada lattes
Orientador/a: Cervi, Emerson Urizzi lattes
Co-orientador/a: Schimanski, Edina lattes
Banca: Panke, Luciana lattes, Barros, Solange Aparecida Barbosa de Moraes lattes
Format: Dissertação
Language:por
Published: UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA
Programa: Programa de Pós Graduação em Ciências Sociais Aplicadas
Department: Sociedade, Direito e Cidadania
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://tede2.uepg.br/jspui/handle/prefix/338
Citação:TAVARES, Camilla Quesada. “PARA PRESIDENTE, VOTE NA GENTE” As personalidades presentes nos programas do PT e PSDB veiculados no horário eleitoral de 2002, 2006 e 2010.. 2013. 121 f. Dissertação (Mestrado em Sociedade, Direito e Cidadania) - UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA, Ponta Grossa, 2013.
Resumo Português:Este trabalho se propõe a fazer uma análise das personalidades presentes no primeiro turno das campanhas eleitorais de candidatos à Presidência da República a partir do Horário Gratuito de Propaganda Eleitoral (HGPE) dos dois principais partidos brasileiros, PT e PSDB, nos anos de 2002, 2006 e 2010. Optou-se pelo estudo do primeiro turno porque se acredita que é o momento em que os candidatos mais precisam se destacar um dos outros. Nesta etapa, todos concorrem contra todos e os dois que conseguirem chamar a atenção entre os eleitores chega ao segundo turno. Parte-se do pressuposto de que os candidatos tendem a abordar os mesmos temas durante os programas, portanto o fator personalista pode gerar maior destaque a eles. Umas dessas estratégias é a presença de pessoas de prestígio político/social que aparecem no HGPE para manifestar apoio ao candidato. Algumas dessas pessoas podem ser chamadas de patrono, devido às suas características. Sendo assim, a pesquisa pretende, então, verificar quais personalidades apareceram na campanha televisiva das três eleições escolhidas. O estudo sobre uma figura específica, dentro da campanha eleitoral na televisão, se justifica por acreditar-se que os aspectos pessoais dos candidatos e pessoas que participam da campanha tendem a influenciar a escolha do eleitor, já que não são apenas os elementos temáticos que ajudam na decisão do voto. A hipótese principal é a de que o patrono é explorado de maneira distinta nos programas do PT e PSDB, sendo esta uma estratégia utilizada para construir a imagem do candidato, a qual tem por finalidade qualificá-lo como melhor opção de voto, além de mostrar seus atributos pessoais aos eleitores. A metodologia utilizada é a análise do discurso baseada nos estudos de Charaudeau (2008), amparada pelo método quantitativo como forma de complementar a análise. De maneira geral, a pesquisa mostrou que é forte a presença de personalidades políticas e sociais nos programas dos três anos, mas poucas podem ser consideradas patronos. No ano de 2002, verificou-se a presença de muitos artistas nos programas do PSDB, mas nenhum deles pode ser considerado patrono social. O ano de 2006 foi o que mais apareceram personalidades políticas nos programas do PSDB, mas apenas como forma de apoio. Já o PT não utilizou essa estratégia. Somente em 2010 é que aparece o tipo de patrono eleitoral com frequência no HGPE, com Luiz Inácio Lula da Silva, nos programas de Dilma Rousseff.
Resumo inglês:The purpose of this paper is to analyze the personalities that appear in the first round of the election campaigns for the presidency of Brazil taken from the political free advertising time (HGPE) of the two major brazilian parties, PT and PSDB, in the years of 2002, 2006, and 2010. The choice for the first round was made because that is the time in which each party tries to get more attention than the others. At this stage, all parties compete against each other and the two parties that get more attention from the voters reach the second round. This happens on the assumption that candidates tend to approach the same issues during the TV programs and the personal factors can generate greater prominence for them. One of the strategies used is the presence of people of political and social prestige appearing on HGPE to express support for the candidate. Some of these people can be called patrons, due to their characteristics. This research intends to see which personalities appeared in the television campaign in the three elections chosen. The study of a specific figure within the campaign on television is justified because it is believed that the personal aspects of the candidates and the people who participate in the campaign tend to influence the voters' choice, since the thematic elements are not the only factors that help the voting decision. The main hypothesis is that PT and PSDB use the patron in different ways. Also, there is the strategy used to build the image of the candidate, which aims to qualify him/her as the best voting option by showing the voters their personal attributes. The methodology is based on discourse analysis studies by Charaudeau (2008), supported by quantitative method as a way to complement the analysis. In general, research has shown that there is a strong presence of political figures and social programs in the three years, but only two personalities can be consdered patrons. In 2002, there was a strong presence of artists in the PSDB programs, but none of them can be considered a social patron. 2006 was the year in which political figures appeared the most in the PSDB programs, but only as means of support. Only in 2010 appears the type of electoral patron in HGPE, such as Luiz Inácio Lula da Silva, on Dilma Rousseff's programs.