EDUCAÇÃO E RELAÇÕES DE GÊNERO: ENTRE AVANÇOS E DESAFIOS NA EXPERIÊNCIA DA ESCOLA LATINO AMERICANA DE AGROECOLOGIA

This research addresses issues of gender and the environment in relation to education in the process of forming technologist of the Latin American School of Agroecology, located in the municipality of Lapa in the state of Parana.It has as problematic to verify how the school has organized the questi...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2011
Main Author: Miranda, Tereza Lopes lattes
Orientador/a: Schimanski, Edina lattes
Banca: Barros, Solange Aparecida Barbosa de Moraes lattes, Souza, Maria Antonia de lattes
Format: Dissertação
Language:por
Published: UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA
Programa: Programa de Pós Graduação em Ciências Sociais Aplicadas
Department: Sociedade, Direito e Cidadania
Assuntos em Portugês:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://tede2.uepg.br/jspui/handle/prefix/319
Citação:MIRANDA, Tereza Lopes. EDUCAÇÃO E RELAÇÕES DE GÊNERO: ENTRE AVANÇOS E DESAFIOS NA EXPERIÊNCIA DA ESCOLA LATINO AMERICANA DE AGROECOLOGIA. 2011. 153 f. Dissertação (Mestrado em Sociedade, Direito e Cidadania) - UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA, Ponta Grossa, 2011.
Resumo Português:A Presente pesquisa aborda questões de gênero e meio ambiente em relação com a educação no processo de formação de tecnólogas (os) da Escola Latino Americana de Agroecologia, situada no Município da Lapa no Estado do Paraná. Tem como problemática verificar de que forma a escola vem organizando as questões no que se refere à educação e meio ambiente, com ênfase nas relações de gênero. A metodologia utilizada é da pesquisa qualitativa, com uso de entrevistas semiestruturadas, observações em campo, estudo bibliográfica e documental. Como objetivos contextualiza a escola; analisa a percepção das (os) educadoras (es) a respeito do tema gênero e aponta para avanços e desafios a partir das práticas presentes no cotidiano da mesma. Os sujeitos entrevistados são educadoras (es) membros da equipe pedagógica. Como resultados a pesquisa aponta para avanços significativos, como a preocupação da escola em garantir a participação das mulheres no curso de maneira igualitária. Bem como garantir que o tema gênero seja debatido nos espaços de formação, mas principalmente na forma como a escola estrutura as relações de trabalho que reflete diretamente na mudança de hábitos e costumes dos indivíduos, o que os leva a repensar valores e comportamentos a partir de práticas e vivências que norteiam a pedagogia da escola. Segue sendo um grande desafio garantir que as mulheres atinjam 50% na participação visto que ainda são minoria o que dificulta a organização das equipes de trabalho no que se refere a igualdade de participação.
Resumo inglês:This research addresses issues of gender and the environment in relation to education in the process of forming technologist of the Latin American School of Agroecology, located in the municipality of Lapa in the state of Parana.It has as problematic to verify how the school has organized the questions with regard to education and environment, with emphasis on gender relations. The methodology used is qualitative research, using interviews, field observations, literature and documentary. As goals contextualizes the school, examines the perception of teachers about the gender issue and points to advances and challenges from the practices in the everyday of it. The interviewees are educators members of the teaching staff. As a result the research points to significant advances, such as the school's concern to ensure women's participation in the course. As well as ensuring that gender issues be discussed in the spaces of formation, but mainly in how the school structures the working relationship that directly reflects the change of habits and customs of individuals, causing them to rethink values and behaviors from practices and experiences that guide the teaching of the school. It remains a great challenge to ensure that women reach 50% participation, since they are still a minority, what difficult the organization of work teams in relation to equal participation.