ENTRE OS BRECHÓS E A INTERNET: CIDADANIAS FLUIDAS E IDENTIDADES MEDIADAS POR PRÁTICAS CULTURAIS PRESENCIAIS E VIRTUAIS DOS MODS DE CURITIBA – PARANÁ

The present research studies the cultural group of Mods from Curitiba, its name comes from England and means Modernism/Modism. We bring to discussion some cultural practices related to the identification processes of the Mods in Brazil, with a specific scene in Paraná state, visually and organized m...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2008
Main Author: Pereira, Daniele Prates
Orientador/a: Santos, Andrea de Paula dos lattes
Banca: Ferraz, Ana Lúcia Marques Camargo lattes, Barros, Solange Aparecida Barbosa de Moraes lattes
Format: Dissertação
Language:por
Published: UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA
Programa: Programa de Pós Graduação em Ciências Sociais Aplicadas
Department: Sociedade, Direito e Cidadania
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://tede2.uepg.br/jspui/handle/prefix/283
Citação:PEREIRA, Daniele Prates. ENTRE OS BRECHÓS E A INTERNET: CIDADANIAS FLUIDAS E IDENTIDADES MEDIADAS POR PRÁTICAS CULTURAIS PRESENCIAIS E VIRTUAIS DOS MODS DE CURITIBA – PARANÁ. 2008. 159 f. Dissertação (Mestrado em Sociedade, Direito e Cidadania) - UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA, Ponta Grossa, 2008.
Resumo Português:A pesquisa aqui apresentada teve como tema de estudo o grupo cultural curitibano dos Mods, cujo termo, surgido na Inglaterra, significa Modernism/Modism. Problematizamos algumas das práticas culturais relacionadas aos processos de identificação dos Mods presentes no Brasil, com cena característica no Paraná, de maneira mais visível e organizada em Curitiba. Nosso referencial teóricometodológico foi construído em torno dos debates sobre a pós-modernidade e as especificidades da dinâmica fluida e intercultural das identidades na contemporaneidade, destacando a importância das práticas e das apropriações culturais como formas de expressão e socialização e de posicionamento sobre os sentidos de pertencimento aos grupos. Sentidos e significações que envolvem a construção do discurso sobre o próprio grupo, as maneiras de ver a realidade cotidiana e as relações dos outros grupos culturais, em diálogo e tensão nos espaços virtuais e presenciais de coexistência comunitária. Noções de identidade, comunidade, subjetividade, estetização do cotidiano tornam-se chaves para compreender como esses indivíduos promovem suas ligações com idéias e práticas de cidadanias culturais que acontecem em meio aos atos de consumo. Aqui definidos como um dos principais aspectos da ação desses sujeitos para expressarem sua identidade e marcarem sua diferenciação em relação aos outros. Nossa análise aponta dilemas, contradições e ambigüidades no desenrolar dos processos de identificação e das práticas culturais dos mods curitibanos. Sobretudo quando estes exercem suas identidades em cenas virtuais e presenciais em que a mediação de tecnologias e produtos culturais em circulação transformam e pluralizam os sentidos de pertencimento. Criam-se cidadanias culturais fluidas que se encontram, por um lado, entre práticas contemporâneas que, ao mesmo tempo, reafirmam identidades e comunidades fixas e negociam a fluidez, a plasticidade e a fragilidade permanente das formas de expressão e das relações humanas em jogo. Assim, os mods curitibanos, ao se expressarem e conviverem com outros grupos, transformam os significados desses atos, sobretudo os de consumo e sociabilidade cultural, redefinindo – permanentemente e mesmo à revelia de seus sujeitos – práticas e fronteiras entre sujeitos e grupos.
Resumo inglês:The present research studies the cultural group of Mods from Curitiba, its name comes from England and means Modernism/Modism. We bring to discussion some cultural practices related to the identification processes of the Mods in Brazil, with a specific scene in Paraná state, visually and organized mainly in Curitiba. Our therical and methodolgical references was based on debates about post-modernity and the specificities of dynamic fluid and intercultural identities in the contemporary world, giving emphasis to the importance of cultural practices and apropriations as ways of expression, socialization and positions related to senses of belonging to groups. Senses and meanings that involve the constructions of speeches about the group itself and the way to see the daily reality and the relations with other cultural groups dialogues with the tension in virtual and presencial spaces of comunitary coexistance. Ideas of identitie, comunity, subjetivity, daily estetization, become keys to understand how these individuals develop their links with ideas and practices of cultural citizenship that happen related to consumption actions. In this research, the consumption acts are defined as a main aspect of the individuals’ actions to Express their identity and Mark their difference to the others. Our analysis shows dilemas, contradictions and ambiguities during the identification processes and cultural practices of the Mods from Curitiba. Mainly when they act in the virtual and presencial scenes, where the mediation of Technologies and products transform and pluralize the sense of belonging. Fluid cultural citizenship are created in these processes, due to contemporary practices that at the same time firm fixed identities and comunities and negotiate the fluidity, plasticity and fragility that are permanent in ways of expression and human relations in the game. So far, the Curitiba Mods, expressing themselves and getting along with other groups transform the meanings of those actions, mainly the consumption and cultural sociability ones, redefining – in a permanent way and even contradictory way – their practices and the border between individuals and groups.