ETNOFARMACOLOGIA DAS PLANTAS MEDICINAIS DE CÉU AZUL E COMPOSIÇÃO QUÍMICA DO ÓLEO ESSENCIAL DE Plectranthus neochilus Schltr.

The aim of the present work was to carry out an ethnopharmacological survey of the vegetal species used by the inhabitants of the municipality of Céu Azul (located in the extreme west of the State of Paraná, Brazil). A specific questionnaire was used to get the referring data to the uses and ways of...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2007
Main Author: Bocardi, Juliane Maria Bergamin lattes
Orientador/a: Nunes, Domingos Sávio lattes
Banca: Marques, Maria Consuelo Andrade lattes, Fiorin, Barbara Celânia lattes
Format: Dissertação
Language:por
Published: UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA
Programa: Programa de Pós-Graduação em Química Aplicada
Department: Química
Assuntos em Portugês:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://tede2.uepg.br/jspui/handle/prefix/2055
Citação:BOCARDI, Juliane Maria Bergamin. ETNOFARMACOLOGIA DAS PLANTAS MEDICINAIS DE CÉU AZUL E COMPOSIÇÃO QUÍMICA DO ÓLEO ESSENCIAL DE Plectranthus neochilus Schltr.. 2007. 102 f. Dissertação (Mestrado em Química) - UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA, Ponta Grossa, 2007.
Resumo Português:O presente trabalho teve por objetivo realizar um levantamento etnofarmacológico de espécies vegetais utilizadas pelos moradores do município de Céu Azul (localizado no extremo oeste do Paraná). Utilizou-se um questionário específico para obter os dados referentes aos usos e modos de preparo das espécies utilizadas como medicinais. Durante as entrevistas, o material vegetal (exsicata) foi coletado em duplicata com o auxílio dos informantes para posterior identificação e depósito no Museu Botânico Municipal de Curitiba. Na pesquisa de campo foi constatada a utilização de 47 espécies pertencentes a 12 famílias botânicas. Um dos principais propósitos do presente levantamento foi avaliar o possível uso de espécies medicinais florestais no município de Céu Azul, especialmente porque uma extensa área do município pertence ao Parque Nacional do Iguaçu. No entanto, as 47 plantas citadas pela população ceuazulense podem ser divididas em um grupo com 42 espécies exóticas e outro com apenas 6 plantas brasileiras, nenhuma das quais é retirada da reserva. Utilizou-se o banco de dados do The International Plant Names Index para evitar incorreções nos binômios botânicos e verificar o uso atual de sinônimos. Para cada espécie citada, foi realizado um levantamento das informações científicas sobre a composição química e a bioatividade. As principais fontes de informações científicas foram o banco de dados do Institute for Scientific Information e o Chemical Abstracts on-line. Em geral, a população de Céu Azul faz uso de plantas medicinais bastante conhecidas no meio científico, mas há também a utilização de espécies pouco estudadas. Para quatro das espécies utilizadas (Alternanthera bettzickiana, Alternanthera dentata, Plectranthus neochilus, Tradescantia pallida), não foram encontradas referências científicas sobre suas bioatividades. Desta forma, os resultados deste levantamento foram concomitantemente interpretados como indicativos para a seleção de uma destas espécies, bastante conhecida e utilizada pela população de Céu Azul, para aprofundamento de estudo, Plectranthus neochilus. Determinou-se a composição química do óleo essencial das folhas desta espécie vegetal por técnicas de cromatografia gasosa acoplada à espectrometria de massas. Os principais componentes encontrados foram os monoterpenos pineno (9,7), tujeno (9,0), terpinen-4-ol (4,8) e sabineno (4,7); os sesquiterpenos cariofileno (19,9) e óxido de cariofileno (15,5); e o diterpeno comunato de metila (4,4). A ocorrência de pineno e cariofileno como principais componentes do óleo essencial pode estar relacionada ao uso tradicional desta espécie vegetal contra dores estomacais.
Resumo inglês:The aim of the present work was to carry out an ethnopharmacological survey of the vegetal species used by the inhabitants of the municipality of Céu Azul (located in the extreme west of the State of Paraná, Brazil). A specific questionnaire was used to get the referring data to the uses and ways of preparation of the species used as medicinal. During the interviews, the plant material (exsiccate) was collected in duplicate with the aid of the informers for posterior identification and deposit in the Museu Botânico Municipal de Curitiba. The uses of 47 species pertaining to 12 botanical families were surveyed in this field research. One of the main objectives of the present work was to evaluate the possible use of forest medicinal species in Céu Azul, especially because an extensive area of the municipality belongs to the National Park of the Iguaçu. However, th 47 plants cited by the population can be divided in a group with 42 exotic species and another one with only 6 Brazilian plants, and none of which is being removed from the reserve. The data base of The International Plant Names Index was used to prevent inappropriate botanical names and to verify the current use of synonyms. A survey of the scientific information on the chemical composition and bioactivity was carried out for each cited species. The main source of scientific information for this work was the data base of the Institute of Scientific Information and the Chemical Abstracts on-line. In general, the Céu Azul population makes use of medicinal plants sufficiently known in the scientific sense, but there is also the use of little studied species. For four of the cited species (Alternanthera bettzickiana, Alternanthera dentata, Plectranthus neochilus, Tradescantia pallida), we could not find any scientific reference on its bioactivity. The results of this survey have been concomitantly interpreted as indicative for the election of one of these species, sufficiently known for the Céu Azul population, for deepening of study in the chemistry area. The chemical composition of the essential oil of Plectranthus neochilus was determined using gas chromatography techniques coupled to mass spectrometry. The main components were the monoterpenes α-pinene (9.7), thujene (9.0), terpin-4-ol (4.8) and sabinene (4.7); the sesquiterpenes caryophyllene (19.9) and caryophyllene oxide (15.5); and the diterpene methyl communate (4.4). The presence of pinene and caryophyllene as principal components of the essential oil could be related to the traditional use of Plectranthus against stomach ache. Keywords: medicinal plants, Céu Azul, ethnopharmacology, Plectranthus neochilus, essential oil, GC-MS.