Quilombo Santana: seus conflitos e o processo de desterritorialização da comunidade quilombola, município de Quatis - RJ

O Quilombo Santana está localizado na zona rural do distrito de Ribeirão de São Joaquim, município de Quatis, estado do Rio de Janeiro (médio vale do Rio paraíba do Sul). Atualmente o quilombo é composto por 21 famílias, sendo 17 auto reconhecidas, de acordo com as normas estabelecidas pela Fundação...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2014
Main Author: Aline da Fonseca Sá e Silveira lattes
Orientador/a: Glaucio José Marafon lattes
Banca: Miguel Angelo Campos Ribeiro lattes, Doralice Sátyro Maia lattes
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Programa: Programa de Pós-Graduação em Geografia
Online Access:http://www.bdtd.uerj.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=6799
http://www.bdtd.uerj.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=6800
http://www.bdtd.uerj.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=6801
http://www.bdtd.uerj.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=6802
http://www.bdtd.uerj.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=6803
http://www.bdtd.uerj.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=6804
http://www.bdtd.uerj.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=6805
http://www.bdtd.uerj.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=6806
Resumo Português:O Quilombo Santana está localizado na zona rural do distrito de Ribeirão de São Joaquim, município de Quatis, estado do Rio de Janeiro (médio vale do Rio paraíba do Sul). Atualmente o quilombo é composto por 21 famílias, sendo 17 auto reconhecidas, de acordo com as normas estabelecidas pela Fundação Cultural Palmares e titulado, pela mesma instituição, desde 14 de julho do 2000. No entanto, até a presente data, não houve a desapropriação das fazendas que estão no território quilombola, como prevê o artigo 216 da Constituição Federal Brasileira de 1988, que se encontra nucleado e impossibilitado de realizar suas práticas tradicionais, bem como sua subsistência. O objetivo do presente trabalho é compreender de que maneira a inação do poder público e a posse das terras circunvizinhas ao território do Quilombo Santana influenciou o processo de desterritorialização da comunidade, sob uma perspectiva holística, contemplando a visão de todas as partes envolvidas no conflito territorial. As consequências desta desterritorialização para o quilombo e para a sociedade quatiense também foram consideradas a fim de se destacar a importância da manutenção da identidade santanense e seus conhecimentos tradicionais.
Resumo inglês:Quilombo Santana is located in a rural area of the district of Ribeirão São Joaquim, in the city of Quatis, state of Rio de Janeiro (middle valley of the River Paraíba do Sul). The Quilombo is currently composed of 21 families, 17 of them self-recognized in accordance with the standards established by the Palmares Cultural Foundation. And it is titled by the same institution since July 14, 2000. However, until the present date, there was still no expropriation of the farms that are in the Quilombo territory - according to the Article 216 of the Brazilian Federal Constitution - which is making the Quilombo insulated and unable to carry on with their traditional practices as well as their livelihood. The aim of this work is understanding how the lack of action of local government and ownership of the surrounding land the Quilombo Santana Territory influenced the process of community displacement, under a more holistic perspective, contemplating the points of view of all of the sides involved in this territorial conflict. The consequences of the displacement for the Quilombo and the inhabitants of Quatis were also considered in order to highlight the importance of maintaining the identity of this Quilombo and its traditional knowledge.