Cidadania: retórica e realidade nas políticas sociais de Manaus

This work discusses about aspects that lead the citizenship by verifying the distance that the governmental rhetoric acquire when is confronted with the reproduction of the poverty and social exclusion in the urban space from Manaus. We understand that the assistants programs developed in Manaus can...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2004
Main Author: Pereira, Raimundo Emerson Dourado lattes
Orientador/a: Scherer, Elenise Faria
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Federal do Amazonas
Programa: Programa de Pós-Graduação em Sociedade e Cultura na Amazônia
Department: Instituto de Ciências Humanas e Letras
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/2328
Citação:PEREIRA, Raimundo Emerson Dourado. Cidadania: retórica e realidade nas políticas sociais de Manaus. 2004. 225 f. Dissertação (Mestrado em Sociedade e Cultura na Amazônia) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2004.
Resumo Português:Este trabalho discute os aspectos que norteiam a questão da cidadania, verificando o distanciamento que a retórica governamental adquire ao ser confrontada à reprodução da pobreza e da exclusão social no espaço urbano de Manaus. Partimos do entendimento de que os programas assistenciais implantados nesta cidade podem se constituir em espaço onde é possível observar, dentre outras questões que podem ser suscitadas no contexto das políticas sociais no capitalismo periférico, as contradições que envolvem a retórica ideológica do poder público estadual no que diz respeito à cidadania. Com esse intuito, tomamos como dados ilustrativos os programas Direito à Vida (1997) e Juntos pela Cidadania (2000). A escolha desses dois programas deveu-se às suas características fundamentais, por terem como área de atuação o município de Manaus, e porque neles a retórica governamental enuncia que suas ações estão voltadas para a promoção da cidadania.
Resumo inglês:This work discusses about aspects that lead the citizenship by verifying the distance that the governmental rhetoric acquire when is confronted with the reproduction of the poverty and social exclusion in the urban space from Manaus. We understand that the assistants programs developed in Manaus can constitute themselves in a space where is possible to observe among several other questions that might be reminded in the context of the social politics in the peripheral capitalism, the contradictions that involve the state public power rhetoric as concerns citizenship. In this way, we examined as illustrative information two programs: Direito à Vida (1997) and Juntos pela Cidadania (2000). The choice of these two programs was because of their fundamental characteristics, due to their action area being in the urban space from Manaus and because the rhetoric governmental express that their actions are turn to promotion of the citizenship.