Camada de conversão e filmes híbridos de TEOS - GPTMS aditivados com íons cério como pré-tratamentos protetores contra corrosão do cobre

O objetivo deste trabalho foi avaliar a resistência contra a corrosão fornecida pela camada de conversão e pelos revestimentos híbridos dopados com diferentes concentrações de íons de cério (III) ou (IV) ao cobre eletrolítico. Foram realizadas medidas de potencial de circuito aberto (ECA), polarizaç...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2014
Main Author: Cardoso, Eduardo dos Santos Freitas lattes
Orientador/a: Suegama, Patricia Hatsue lattes
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Federal da Grande Dourados
Programa: Programa de pós-graduação em Química
Department: Faculdade de Ciências Exatas e Tecnologia
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://repositorio.ufgd.edu.br/jspui/handle/prefix/906
Citação:CARDOSO, Eduardo dos Santos Freitas. Camada de conversão e filmes híbridos de TEOS-GPTMS aditivados com íons cério como pré-tratamentos protetores contra corrosão do cobre. 2014. 90 f. Dissertação (Mestrado em Química) – Faculdade de Ciências Exatas e Tecnologia, Universidade Federal da Grande Dourados, Dourados, MS, 2014.
Resumo Português:O objetivo deste trabalho foi avaliar a resistência contra a corrosão fornecida pela camada de conversão e pelos revestimentos híbridos dopados com diferentes concentrações de íons de cério (III) ou (IV) ao cobre eletrolítico. Foram realizadas medidas de potencial de circuito aberto (ECA), polarização potenciodinâmica e Espectroscopia de Impedância Eletroquímica (EIS) utilizando uma célula eletroquímica composta por três eletrodos, sendo Ag|AgCl|KCl (3M) o eletrodo de referência acoplado a um capilar de Luggin - Haber, o eletrodo auxiliar uma espiral de platina e como eletrodo de trabalho o cobre (revestido ou não). As amostras revestida com a camada de conversão apresentaram resultados eletroquímicos muito simulares ao cobre. Os revestimentos híbridos a base de tetraetóxisilano TEOS/ 3–Glicidoxipropiltrimetoxissilano (GPTMS) apresentaram valores de ECA superior ao substrato, menores densidades de corrente nas medidas de polarização e maiores valores de impedância total indicando proteção do cobre contra a corrosão. Já os revestimentos TEOS/GPTMS dopados com íons cério apresentam melhora na proteção fornecida ao cobre, em relação aos revestimentos não dopados. Os resultados mostraram que a quantidade de íons adicionados na solução precursora têm influência no comportamento eletroquímico. Entre as amostras testadas, as amostras que forneceram maior resistência contra a corrosão foram a de 500 ppm de íons de cério (IV) e 300 ppm de íons de cério (III). As imagem de AFM indicaram que, a adição de cério modifica a morfologia das superfícies.
Resumo inglês:The objective of this study was to evaluate the corrosion resistance provided by the conversion layer and the hybrid coatings doped with different concentrations of ions of cerium ( III ) or ( IV ) the electrolytic copper . Measures open circuit potential ( ECA ) , potentiodynamic polarization and Electrochemical Impedance Spectroscopy ( EIS ) measurements were performed using an electrochemical cell consisting of three electrodes and Ag|AgCl|KCl ( 3M ) reference electrode coupled to a Luggin capillary Haber , the auxiliary electrode and a spiral platinum working electrode copper (coated or uncoated). Samples coated with the conversion coating showed very simulares copper electrochemical results. The hybrid base of tetraethoxysilane TEOS / 3- Glycidoxypropyl trimethoxysilane ( GPTMS ) coatings showed values higher than the ECA substrate , lower current densities in the measurements of polarization and higher values indicating the total impedance protection against corrosion of copper. Have the TEOS / GPTMS coatings doped with cerium ions present enhanced protection provided to copper, compared to undoped coatings. The results showed that the amount of added ions in the precursor solution have an influence on the electrochemical behavior. Among the tested samples, samples that gave greater corrosion resistance were 500ppm ions of cerium (IV) ions and 300 ppm of cerium (III). The AFM image showed that the addition of cerium modifies the morphology of the surfaces.