Características atômicas, morfofisiológicas, químicas e biológicas de lâminas foliares de genótipos de Panicum maximum

O experimento foi conduzido na Embrapa Gado de Corte, Campo Grande-MS e no laboratório de forragicultura da UFGD, Dourados-MS, no período de janeiro a novembro de 2007. Avaliaram-se 23 genótipos de Panicum maximum pré-selecionados do programa de melhoramento da Embrapa Gado de Corte. Objetivou-se co...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2008
Main Author: Gomes, Roberta Alves lattes
Orientador/a: Lempp, Beatriz lattes
Co-advisor: Jank, Liana lattes
Banca: Costa, Ciniro lattes, Medeiros, Sérgio Raposo de lattes
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Federal da Grande Dourados
Programa: Programa de pós-graduação em Agronomia
Department: Faculdade de Ciências Agrárias
Assuntos em Português:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://200.129.209.58:8080/handle/prefix/282
Citação:GOMES, Roberta Alves. Características atômicas, morfofisiológicas, químicas e biológicas de lâminas foliares de genótipos de Panicum maximum. 2008. 56 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia)–Universidade Federal da Grande Dourados, Dourados, MS, 2008.
Resumo Português:O experimento foi conduzido na Embrapa Gado de Corte, Campo Grande-MS e no laboratório de forragicultura da UFGD, Dourados-MS, no período de janeiro a novembro de 2007. Avaliaram-se 23 genótipos de Panicum maximum pré-selecionados do programa de melhoramento da Embrapa Gado de Corte. Objetivou-se com este trabalho verificar quais características anatômicas e morfofisiológicas mais se correlacionam com as químicas e biológicas, sejam de fácil mensuração, baixo custo e possam discriminar genótipos mais promissores quanto ao valor nutritivo nas fases iniciais do processo de seleção e melhoramento de P. maximum e qual o melhor método de agrupamento de genótipos. O delineamento experimental utilizado foi de blocos casualizados com três repetições, com parcelas de 12m2. Realizaram-se dois cortes no período das águas para as avaliações morfofisiológicas e anatômicas das lâminas foliares. Análise de correlação linear simples (138 observações por característica) e correlação canônica entre as características anatômicas, morfofisiológicas, químicas e biológicas foram realizadas por meio do programa estatístico SAS (SAS Institute, 1998). Para cada caráter estudado utilizou-se o teste de agrupamento de médias ScottKnott. Para a divergência genética entre os genótipos estudados empregou-se o método de agrupamento de Tocher e do Vizinho mais Próximo, com base na distância generalizada de Mahalanobis e Análise por dispersão gráfica de variáveis canônicas. Todas as análises foram realizadas utilizando-se o aplicativo computacional GENES. As características anatômicas: epiderme adaxial, abaxial, adaxial + abaxial, mesofilo e tecido vascular + esclerênquima, e as morfofisiológicas: área foliar específica e comprimento, foram as que melhor discriminaram os genótipos. A bainha parenquimática dos feixes (BPF) e a largura apresentaram instabilidade fenotípica não sendo recomendadas para discriminar os grupos de genótipos. Os genótipos que se destacaram quanto ao potencial qualitativo, em função das características anatômicas foram: cv. Aruana, PM42, PM43, PM45, PM47 e cv. Tanzânia. Quanto às características morfofisiológicas, os genótipos cv. Aruana, PM31, PM37, cv. Massai, PM38, PM42, PM43, PM44, PM45, PM46 e cv. Tanzânia apresentaram as maiores áreas foliares espcíficas. Portanto, para este trabalho, os melhores genótipos foram: cv. Aruana, PM42, PM43, PM45 e cv. Tanzânia. Das análises multivariadas, destacou-se o método de Tocher por explicar melhor o agrupamento de genótipos.
Resumo inglês:The experiment was carried out at Embrapa Beef Cattle, in Campo GrandeMS and in the forage laboratory of UFGD, in Dourados-MS, from January to November 2007. Twenty-three Panicum maximum genotypes pre-selected from the Embrapa Beef Cattle breeding program were evaluated. The objective of this research was to verify which of the easily measurable and low cost anatomical and morphophysiological characteristics were most correlated with the chemical and biological ones, and may discriminate the most promising genotypes as to nutritive value in the initial phases of the process of selection and breeding and also which is the best method of grouping of genotypes. The experimental design used was a randomized blocks design with three replications, and 12m2 plots. Two harvests were done during the rainy season for the anatomical and morphophysiological evaluations of leaf blades. Simple linear correlation analysis (138 observations per characteristic) and canonic correlations between the anatomical, morphophysiological, chemical and biological characteristics were done using the statistical program SAS (SAS Institute, 1998). For each character studied the mean grouping test Scott-Knott was used. For the genetic divergence of the evaluated genotypes, the grouping methods of Tocher and of nearest neighbor were used, based on the generalized distance of Mahalanobis and analysis of graphic dispersion of canonic variables. All the analysis were done using the computational program GENES. The anatomical characteristics: adaxial epidermis, abaxial, adaxial + abaxial, mesophile and vascular tissue + schlerenquima, and the morhophysiological: specific leaf area and length, were the ones that best discriminated the genotypes. The bundle sheath cells (BPF) and width presented phenotypic instability not being recommended to discriminate the groups of genotypes. The genotypes which outstanded as to their quality potential, based on their anatomy were: cv. Aruana, PM42, PM43, PM45, PM47 and cv. Tanzânia. As to the morphophysiological characteristics, the genotypes cv. Aruana, PM31, PM37, cv. Massai, PM38, PM42, PM43, PM44, PM45, PM46 and cv. Tanzânia presented the largest specific leaf areas. Therefore, for this research, the best genotypes were: cv. Aruana, PM42, PM43, PM45 and cv. Tanzânia. Of the multivariate analysis, the methods of Tocher explained better the grouping of the genotypes.