A mediação do professor no processo de refacção textual: escrita e reescrita

The writing of texts, in many school contexts, is still an activity that daunts our students. However, we must try to know and use our language in a better way in all demanded social practices. For this reason, we decided to investigate the Teacher's mediation in the process of textual producti...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2015
Main Author: Mateus, Patricia Oliveira Santos lattes
Orientador/a: Silva, Luzia Rodrigues da lattes
Banca: Silva, Luzia Rodrigues da, Lima, Maria Cecília de, Freire, Silvana Matias
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Federal de Goiás
Programa: Programa de Pós-graduação em Ensino na Educação Básica (CEPAE)
Department: Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada à Educação - CEPAE (RG)
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/4739
Citação:MATEUS, P. O. S. A mediação do professor no processo de refacção textual: escrita e reescrita. 2015. 157 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino na Educação Básica) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2015.
Resumo Português:A escrita de textos, ainda, em muitos contextos escolares, é uma atividade que assombra nossos alunos. Porém, temos de buscar conhecer e usar melhor nossa língua em todas as práticas sociais demandadas. Por esse motivo, optamos por investigar a mediação do professor no processo de produção e refacção textual. Assim, nossa pesquisa tem como objeto as mediações-intervenções feitas por uma professora de língua portuguesa no processo de produção e refacção de textos de seus alunos. Nesse sentido, temos como principal objetivo identificar se essas mediações contribuem positivamente para tal processo. Defendemos uma prática de letramento socialmente situada e enfatizamos que o desenvolvimento da consciência de texto e do domínio da escrita facilita a construção de sujeitos mais participantes da sociedade textualizada em que vivem. Ainda, nos posicionamos, a favor da escrita como um processo, e não como um ato isolado, que, como todo processo, influencia na formação dos sujeitos. Em relação aos fundamentos teóricos, nos embasamos em vários autores, sobremaneira em Mikhail Bakhtin e seus conceitos de dialogismo, enunciação, discurso, intertextualidade e responsividade. Quanto à metodologia, optamos pela pesquisa de campo, de caráter qualitativo, tendo realizado um estudo de caso. Escolhemos uma escola pública do ensino básico, apresentamos o projeto e, após consentimento, mergulhamos no mundo da pesquisa, fazendo uso de entrevistas, notas de campo e analisando as mediações feitas pela professora a cada proposta de produção textual. Nossa pesquisa foi realizada durante o primeiro semestre de 2014 e abarcou mediações feitas em três momentos diferentes.
Resumo inglês:The writing of texts, in many school contexts, is still an activity that daunts our students. However, we must try to know and use our language in a better way in all demanded social practices. For this reason, we decided to investigate the Teacher's mediation in the process of textual production and rewriting. So, our research has as its object the mediations and interventions made by a Brazilian Portuguese language Teacher in the process of production and rewriting of texts done by her students. In that sense, our main objective is to find out if these mediations have any positive contribution to such process. We defend a socially situated literacy practice and we emphasize that the development of the textual conscience and also the writing domain facilitate the construction of more participative people in a textualized society where they live. We also support writing as a process and not as an isolated act, and, like every progress, it has influence on the individual's upbringing. In regard to the theorical basis, we based this study in many authors, mainly in Mikhail Bakhtin and his concepts related with dialogism, enunciation, speech, intertextuality and responsivity. About the methodology, we chose field research, with a qualitative character, in which we did a case study. We chose a basic education public school. Then we introduced our project and after the consent, we deepened in the research world through interviews, field note and also analysing the mediations made by the Teacher in each textual production offered. Our research was performed during the first semester of 2014 and it involved mediations made in three different moments.