Otimização de metodologia por cromatografia líquida em fase reversa por pareamento iônico para análise simultânea de paracetamol, cloridrato de fenilefrina e maleato de carbinoxamina em formulações farmacêuticas

Uma metodologia alternativa por cromatografia líquida em fase reversa por pareamento iônico para a análise simultânea de paracetamol e cloridrato de fenilefrina (associação 1) e paracetamol e maleato de carbinoxamina (associação 2) em comprimidos foi proposta. Fase móvel consistindo de 60% de metano...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2008
Main Author: Bastos, Carina de Almeida lattes
Orientador/a: Oliveira, Marcone Augusto Leal de lattes
Banca: Tonin, Fernando Gustavo lattes
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)
Programa: Programa de Pós-graduação em Química
Department: ICE – Instituto de Ciências Exatas
Assuntos em Português:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/3035
Resumo Português:Uma metodologia alternativa por cromatografia líquida em fase reversa por pareamento iônico para a análise simultânea de paracetamol e cloridrato de fenilefrina (associação 1) e paracetamol e maleato de carbinoxamina (associação 2) em comprimidos foi proposta. Fase móvel consistindo de 60% de metanol e 40% de solução aquosa de fosfato de potássio monobásico anidro (62,46 mM) adicionada com 0,5 mL de trietilamina, 0,25 g de lauril sulfato de sódio e 1 mL de ácido fosfórico foi usada, com volume de injeção de 50 µL, fluxo da fase móvel de 1,0 mL/min, coluna cromatográfica C18 de dimensões 300 x 3,9 mm e tamanho das partículas de 5 µm mantida a 27°C, detector UV em 220 e 300 nm, e tempo de análise de 6 min. O método proposto para a análise dos comprimidos foi aplicado na análise de medicamentos na forma farmacêutica de solução oral, que contém os três fármacos em associação. Devido à presença de interferentes nestas formulações, o método foi então reotimizado e nova fase móvel consistindo de 480 mL de acetonitrila, 3520 mL de heptanossulfonato de sódio 0,005 M em água, e 4 mL de ácido fosfórico foi usada, com volume de injeção de 100 µL e fluxo de 2,0 mL/min. Os parâmetros avaliados na validação analítica para as associações 1 e 2 foram: seletividade, linearidade, repetibilidade, precisão intermediária, limite de detecção, limite de quantificação, exatidão e robustez. Devido à simplicidade, seletividade, precisão, exatidão e rapidez, a metodologia é uma alternativa interessante para assegurar a qualidade dessas drogas na indústria farmacêutica.
An alternative methodology by ion-pair reversed phase liquid chromatography for simultaneous analysis of acetaminophen and phenylephrine hydrochloride (association 1) and acetaminophen and carbinoxamine maleate (association 2) in tablets was proposed. Mobile phase consisting of 60% methanol and 40% potassium monobasic phosphate aqueous solution (62.46 mM) added with 0.5 mL trietilamine, 0.25 g sodium lauryl sulfate and 1 mL of phosphoric acid was used, with injection volume of 50 µL, mobile phase flow of 1.0 mL/min, chromatographic column C18 of dimensions 300 x 3.9 mm and particle size of 5 µm maintained at 27°C, UV detection at 220 and 300 nm, within 6 min. The proposed method for the analysis of tablets was applied in the analysis of drugs in the pharmaceutical form of oral solution, which contains the three drugs in combination. Due to the presence of interfering in these formulations, the method was again optimized and new mobile phase consisting of 400 mL of acetonitrile, 3520 mL of sodium heptane sulfonate 0.005 M in water, and 4 mL of phosphoric acid was used, with injection volume of 100 µL and flow of 1.0 mL/min. The analytical validation parameters evaluated for association 1 and 2 were: selectivity, linearity, repeatability, intermediate precision, limit of detection, limit of quantification, accuracy and robustness. Due to its simplicity, selectivity, precision, accuracy and rapidity, the methodology can be an interesting alternative for quality assurance in the pharmaceutical industry of these drugs.