A contribuição da formação inicial na construção dos saberes docentes dos licenciandos em Química da UFJF

Os saberes docentes são marcados pela relação entre os espaços e as experiências vividas durante a trajetória de formação dos professores e compostos por saberes específicos, pedagógicos, metodológicos e experienciais. A formação docente tem início antes mesmo do aluno ingressar na universidade, ond...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2015
Main Author: Ferraz, Victor Gomes Lima lattes
Orientador/a: Lopes, José Guilherme da Silva lattes
Banca: Reis, Ivoní de Freitas lattes, Leal, Murilo Cruz lattes
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Federal de Juiz de Fora
Programa: Programa de Pós-graduação em Química
Department: ICE – Instituto de Ciências Exatas
Assuntos em Português:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/309
Resumo Português:Os saberes docentes são marcados pela relação entre os espaços e as experiências vividas durante a trajetória de formação dos professores e compostos por saberes específicos, pedagógicos, metodológicos e experienciais. A formação docente tem início antes mesmo do aluno ingressar na universidade, onde incorpora ideias, atitudes e comportamentos sobre o ensino que constituem os saberes da experiência pré-formação inicial, considerados importantes para serem discutidos ao longo da formação inicial, já que são construídos inconsciente e acriticamente. Em seguida, durante a Formação Inicial, o licenciando constrói saberes específicos, pedagógicos e metodológicos. Posteriormente, durante o exercício profissional, o docente constrói saberes a partir das experiências vividas em seu ambiente de trabalho e na relação com os demais professores. Diante de todas as possibilidades de formação nos questionamos se a Formação Inicial de professores de Química da Universidade Federal de Juiz de Fora vem contribuindo para a reconstrução dos saberes docentes a partir da reflexão sobre os saberes da experiência pré-formação inicial e como estes são articulados ao longo da formação inicial, na visão dos licenciandos. Assim temos como objetivo neste trabalho investigar a construção dos saberes docentes a partir da reflexão sobre os saberes da experiência anterior durante a formação inicial e como os licenciandos articulam os saberes docentes em suas sequências didáticas. Partindo de uma abordagem qualitativa, utilizamos os pressupostos da Análise de Conteúdo e os modelos didáticos de Garcia-Pérez para a análise dos dados construídos através de questionários e entrevistas. Selecionamos 21 licenciandos do curso de Química da UFJF com matricula ativa no ano de 2014. Observamos que os licenciandos vem atribuindo uma importância equilibrada em relação aos saberes específicos, pedagógicos e metodológicos. Os saberes da experiência pré-formação inicial são apontados para alguns como importantes para a formação docente. Concluímos que a formação inicial vem contribuindo para a tomada de consciência sobre os saberes da experiência pré-formação inicial, possibilitando momentos e espaços para a reflexão e reconstrução dos saberes docentes. Adicionalmente, através da análise dos saberes mobilizados nas sequências didáticas elaboradas pelos licenciandos, percebemos uma tendência evolutiva nas concepções sobre a docência ao longo do curso.
The teacher's knowledge that characterize the relationship between the spaces and experiences during the course of training of teachers and composed of specific, pedagogical, methodological and experiential knowledge. Teacher training begins even before the students enter in university, when they incorporates ideas, attitudes and behaviors about teaching that constitute the experience knowledge of pre-training, considered important to be discussed throughout the initial training, since they are built unconsciously and uncritically. Then, during the initial training, the licensing builds specific, pedagogical and methodological knowledge. Later, during the professional exercise, the teacher builds knowledge from experiences in the workplace and in relation to other teachers. Before all the training opportunities we wonder if the initial formation of Chemistry teachers at the Federal University of Juiz de Fora has contributed to the reconstruction of teaching knowledge from the reflection on the experience knowledge of pre-training and how these are articulated along the initial training, in the view of undergraduates. So we aim in this work to investigate the construction of teaching knowledge from the reflection on the knowledge of previous experience during the initial training and how the undergraduated studentes articulate the teacher's knowledge in their didatic sequences. From a qualitative approach, we use the assumptions of Content Analysis and didactic models of Garcia-Perez for data analysis built through questionnaires and interviews. We selected 21 undergraduates from the Chemistry course UFJF with active enrollment in the year 2014. We note that the students are assigning a balanced importance in relation to specific, pedagogical and methodological knowledge. The experience knowledge of pre-training are pointed to some as important for teacher training. We conclude that the initial training has contributed to the awareness of the experience knowledge of pre-training, allowing moments and spaces for reflection and reconstruction of teaching knowledge. In addition, by analyzing the knowledge mobilized in the didatic sequences developed by undergraduate students, we realized an evolutionary trend in conceptions of teaching throughout the course.