Síntese de nanopartículas de ouro modificadas para interações específicas in vitro com células neoplásicas

O presente trabalho visou a construção de um sistema utilizando nanopartículas de ouro (AuNPs) juntamente com as biomoléculas direcionadoras, ácido fólico (HFol) e anticorpo anti-receptor de folato, para aplicação em testes in vitro com células de câncer de mama MDA-MB-231 e MCF-7 a fim de promover...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2018
Main Author: Teixeira, Raissa Ainsworth Rustichelli lattes
Orientador/a: Sant’Ana, Antônio Carlos lattes
Banca: Temperini, Márcia Laudelina Arruda lattes, Andrade, Gustavo Fernandes Souza
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)
Programa: Programa de Pós-graduação em Química
Department: ICE – Instituto de Ciências Exatas
Assuntos em Português:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/6611
Resumo Português:O presente trabalho visou a construção de um sistema utilizando nanopartículas de ouro (AuNPs) juntamente com as biomoléculas direcionadoras, ácido fólico (HFol) e anticorpo anti-receptor de folato, para aplicação em testes in vitro com células de câncer de mama MDA-MB-231 e MCF-7 a fim de promover um sistema de entrega controlada dos fármacos anastrozol e tamoxifeno. Entre os diferentes adsorbatos utilizados, as interações do cristal violeta (CV), mercaptoetanol (ME), HFol, polímero PEGSH, anastrozol e tamoxifeno, foram analisadas através das técnicas espectroscópicas eletrônica (UV-VIS-NIR), Raman e espalhamento Raman intensificado por superfície (SERS). A espectroscopia SERS foi aplicada, também, para mapeamento do sinal do CV (marcador SERS) dos sistemas completos em células de câncer MCF-7 a fim de avaliar o efeito da presença e ausência das biomoléculas direcionadoras na afinidade com as células. O mapeamento realizado mostrou a importância da presença do anticorpo aumentando de 13%, no sistema sem nenhum identificador celular, para 30% do sinal de CV, no sistema com apenas anticorpo como biomolécula direcionadora, e aumentou de 30% para 65% na presença do HFol. As AuNPs modificadas com HFol e anticorpo, quando conjugadas com tamoxifeno, diminuíram a concentração mínima efetiva do fármaco na ação contra as células MCF-7, mostrando-se um sistema com potencial aplicação para entrega controlada de fármacos.
The present work was aimed on the construction of a system using gold nanoparticles (AuNPs) with two targeting biomolecules, folic acid (HFol) and anti-folate receptor antibody, for application on in vitro tests with breast cancer cells MDA-MB-231 and MCF-7 to form a drug delivery system with anastrozole and tamoxifen. Among the different used adsorbates, the interactions of crystal violet (CV), mercaptoethanol (ME), HFol, polymer (PEGSH), anastrozole and tamoxifen, were analysed through electronic spectroscopy (UV-VIS-NIR), Raman and Surface Enhanced Raman Scattering (SERS). SERS spectroscopy was also applied on mapping of CV signal (SERS marker) of the complete systems with cancer cells MCF-7 in order to evaluate the effect of the presence or absence of these targeting biomolecules on the affinity with cancer cells. The performed mapping showed the relevance of the presence of the antibody by increasing from 13%, on the system with no biomolecules, to 30% of the CV signal, on the system with just antibody as biomolecule and increased from 30% to 65% in presence of HFol. AuNPs modified with folic acid and antibody, when conjugated with tamoxifen, reduced the minimum effective concentration of the drug in the action against MCF-7 cells, indicating that this system has a potential to be applied as a drug delivery system.