Por uma divulgação da ciência: as políticas públicas e os discursos silenciados

Esta pesquisa visa compreender como a divulgação científica está incorporada nas políticas públicas de ciência, tecnologia e inovação (CT&I), e como os pesquisadores reconhecem seu papel para a dinâmica da produção científica no país. Para isso, a tese utiliza uma metodologia qualitativa, basead...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2017
Main Author: Araújo, Carolina Pires lattes
Orientador/a: Condé, Eduardo Antônio Salomão lattes
Banca: Mafra, Rennan Lanna Martins lattes, Mantovani, Camila Maciel Campolina Alves lattes, Leal, Paulo Roberto Figueira lattes, Neubert, Luiz Flávio lattes
Format: Tese
Language:por
Published: Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)
Programa: Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais
Department: ICH – Instituto de Ciências Humanas
Assuntos em Portugês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/6128
Resumo Português:Esta pesquisa visa compreender como a divulgação científica está incorporada nas políticas públicas de ciência, tecnologia e inovação (CT&I), e como os pesquisadores reconhecem seu papel para a dinâmica da produção científica no país. Para isso, a tese utiliza uma metodologia qualitativa, baseada na Semiologia dos Discursos Sociais, buscando, a partir da Análise de Discurso, identificar indícios e marcas dos atritos e embargos que constituem o campo da CT&I. São levantadas evidências de como as formações discursivas contribuem para os dilemas e eixos assimétricos que caracterizam a política de divulgação científica no país, considerando que muitas vezes eles estão velados e naturalizados, dificultando o acesso e a compreensão do fenômeno em toda sua complexidade. Para a análise, foram selecionadas universidades federais de Minas Gerais, uma vez que o estado contempla uma rede expressiva de ensino superior. Assim, foram definidas as quatro melhores instituições públicas mineiras pelo Ranking Universitário da Folha de São Paulo (RUF) e seus respectivos programas de pós-graduação com maior nota na Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes): o de Ciência Política da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o de Fisiologia Vegetal da Universidade Federal de Viçosa (UFV), o de Ciência da Religião da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e o de Engenharia Mecânica da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Com o desenvolvimento deste trabalho, é possível reconhecer que, mesmo com a criação de órgãos específicos de ciência e tecnologia e o investimento do governo em alguma iniciativas, o país ainda precisa progredir muito no desenvolvimento de estratégias de divulgação, educação e popularização em ciência, rumo a uma política nacional de divulgação científica. As percepções dos pesquisadores foram analisadas a partir de três níveis: o dos discursos propriamente, o das tensões e o das invisibilidades. O caminho de uma política pública de divulgação científica no país só é possível se houver uma articulação entre os diferentes atores e considerar esse contexto plural e contraditório das universidades e institutos de pesquisa.
This research aims to understand how scientific dissemination is incorporated into the public policies of science, technology and innovation (STI), and how the researchers recognize their role for the dynamics of scientific production in the country. For this, the thesis uses a qualitative methodology, based on the Semiology of Social Discourses, searching, from the Discourse Analysis, to identify clues and marks of the frictions and embargoes that constitute the field of STI. Evidence is presented as to how discursive formations contribute to the dilemmas and asymmetrical axes that characterize the policy of scientific dissemination in the country, considering that they are often veiled and naturalized, making it difficult to access and understand the phenomenon in all its complexity. For the analysis, federal universities of Minas Gerais were selected, since the state contemplates an expressive network of higher education. Thus, the four best public institutions in Minas Gerais were defined by the Ranking Universitário da Folha de São Paulo (RUF) and its respective postgraduate programs with the highest grade in Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes): the Political Science of the Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), the Plant Physiology of the Universidade Federal de Viçosa (UFV), the Religion Science of the Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) and the Mechanical Engineering of the Universidade Federal de Uberlândia (UFU). With the development of this work, it is possible to recognize that, even with the creation of specific foundations of science and technology and government investment in some initiatives, the country still needs to make great progress in the development of strategies for dissemination, education and popularization in science, towards a national policy of scientific dissemination. The researchers' perceptions were analyzed from three levels: the discourse itself, the tensions and the invisibilities. The path of a public policy of scientific dissemination in the country is only possible if there is an articulation between the different actors and consider this plural and contradictory context of the universities and research institutes.