AS PROFESSORAS DA ESCOLA D. MARIA : um estudo sobre identidade e docência na Educação Infantil

This study addresses the teaching of early childhood education, examining processes of identification and self-understanding of preschool teachers of the "School D. Mary "- public school early childhood education located in the outskirts of St. Louis from library research, discusses the po...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2011
Main Author: Coimbra, Kellen Regina Moraes lattes
Orientador/a: Gonçalves, Maria de Fátima da Costa
Banca: Silva, Marilete Geralda da lattes, Lima, Francisca das Chagas Silva lattes
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Federal do Maranhão
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO/CCSO
Department: Educação
Assuntos em Portugês:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://tedebc.ufma.br:8080/jspui/handle/tede/202
Citação:COIMBRA, Kellen Regina Moraes. THE TEACHING OF SCHOOL "D. MARIA ": a study of identity and teaching in Early Childhood Education. 2011. 110 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2011.
Resumo Português:O presente estudo aborda a docência na educação infantil, analisando processos de identificação e autocompreensão de professoras de educação infantil da ―Escola D. Maria‖ escola municipal de educação infantil situada na periferia de São Luís. A partir de pesquisas bibliográficas, discute as possibilidades e implicações da categoria identidade para a análise da docência na educação infantil e situa histórico e politicamente a docência e as instituições destinadas ao cuidado e educação da criança. Com essa fundamentação, dispõe e analisa os dados obtidos na pesquisa empírica, na qual três professoras participaram, através da elaboração de narrativas por escrito e entrevistas individuais e em grupo. A análise desses dados buscou dar sentido e significado aos agentes, em suas relações no mundo social, tendo por base os estudos de Foucault (1984; 1995; 2008b; 2009a; 2009b), enquanto leitura inovadora das formas de sujeição praticadas nas sociedades modernas. Na disposição dos resultados dá conta de que professores e professoras, em especial nesse segmento da educação, são cotidianamente solicitados a se engajarem como responsáveis por um projeto de melhoria da escola e da nação, são destinatários de ações políticas implementadas como manifestações da governamentalização do Estado moderno (FOUCAULT, 2007). Por isso, elege os conceitos de profissionalismo e formação, enquanto possíveis mecanismos de governamento das professoras, o qual se realiza na medida em que as professoras se identificam aos ideais vinculados, podendo ser negados pelas estratégias de resistência, pelas quais as professoras se posicionam enquanto sujeitos da história, situando histórico e politicamente seu trabalho e a si mesmas.
Resumo inglês:This study addresses the teaching of early childhood education, examining processes of identification and self-understanding of preschool teachers of the "School D. Mary "- public school early childhood education located in the outskirts of St. Louis from library research, discusses the possibilities and implications of identity categories for the analysis of teaching in early childhood education and historical and politically situated and teaching institutions for the care and education of the child. With this reasoning, provides and analyzes the data in empirical research, in which three teachers participated, through the development of narrative writing and individual and group interviews. Analysis of these data seeking to give meaning and significance to agents in their relations in the social world. Regarding the theoretical framework, the studies of Foucault (1984, 1995, 2008b; 2009th, 2009b), were of great importance, while reading the novel forms of subjugation practiced in modern societies. In the provision of results realize that teachers, especially in the education segment, are routinely asked to engage as responsible for a project to improve the school and the nation, are recipients of political actions implemented as manifestations of the state governing Modern (Foucault, 2007). Therefore, it elects the concepts of professionalism and training, as possible mechanisms of governance of the teachers, which takes place in that the teachers identify themselves to the ideals linked and may be denied by the strategies of resistance, for which teachers are positioned as subjects of history, historical, and politically situating their work and themselves.