A pertinência da farmácia homeopática na consolidação da homeopatia no Sistema Único de Saúde (SUS) de Fortaleza

In the field of production of knowledge in public health, contributions from other medical fields, such as homeopathy, which allow a more comprehensive vision of health / illness and enabling consider more humane relationships with patients / users are relevant and should be considered welcome. Give...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2012
Main Author: Lopes Filho, Jacó Albuquerque
Orientador/a: Amorim, Rosendo Freitas de
Banca: Amorim, Rosendo Freitas de, Benevides, Marinina Gruska, Honório, Erotilde, Matsue, Regina Yoshie
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade de Fortaleza
Programa: Mestrado Em Saúde Coletiva
Department: Centro de Ciências da Saúde
Assuntos em Portugês:
Online Access:https://uol.unifor.br/oul/ObraBdtdSiteTrazer.do?method=trazer&ns=true&obraCodigo=91065
http://dspace.unifor.br/handle/tede/91065
Resumo Português:No campo da produção do conhecimento em saúde coletiva, as contribuições de outras racionalidades médicas, como as da homeopatia, que permitem uma visão mais integral do binômio saúde/doença e que possibilitem pensar em relações mais humanas com os pacientes/usuários são pertinentes e devem ser consideradas bem vindas. Diante dessa realidade, este trabalho objetiva analisar a implantação da farmácia homeopática no Sistema Único de Saúde (SUS). Trata-se de uma pesquisa qualitativa, cuja operacionalização empírica centrou-se na aplicação de entrevista estruturada com médicos homeopatas que atuam no sistema público (SUS) em Fortaleza, bem como na observação participante. Viu-se que a Homeopatia se apresenta como um paradigma diferenciado de assistência médica em saúde pública. A conclusão desse trabalho de dissertação aponta na direção de se fortalecer o projeto de democratização da homeopatia junto à população usuária do SUS.
Resumo inglês:In the field of production of knowledge in public health, contributions from other medical fields, such as homeopathy, which allow a more comprehensive vision of health / illness and enabling consider more humane relationships with patients / users are relevant and should be considered welcome. Given this reality, this paper aims to analyze the implementation of the homeopathic pharmacy in the National Health System (SUS). This is a qualitative research whose empirical operationalization focused on the application of a structured interview with homeopathic doctors working in the public health system (SUS) in Fortaleza, as well as participant observation. It was seen that homeopathy is presented as a paradigm differentiated medical care in public health. The conclusion of this dissertation work points in the direction of strengthening the democratization project of homeopathy by the SUS users.