Participação política dos jovens argentinos e chilenos: construindo um estado da arte

Trata-se de um estudo sobre a participação política dos jovens argentinos e chilenos que objetiva apresentar as principais discussões em torno desse tema. Mediante uma Revisão Sistemática de Literatura (RSL), foi possível perceber que os estudiosos tem se debruçado sobre as seguintes categorias temá...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2018
Main Author: Santos, Josué Pereira dos lattes
Orientador/a: Serafim, Lizandra lattes
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Federal da Paraíba
Programa: Programa de Pós-Graduação em Gestão Pública e Cooperação Internacional
Department: Gerenciamento Ambiental
Assuntos em Português:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/15174
Resumo Português:Trata-se de um estudo sobre a participação política dos jovens argentinos e chilenos que objetiva apresentar as principais discussões em torno desse tema. Mediante uma Revisão Sistemática de Literatura (RSL), foi possível perceber que os estudiosos tem se debruçado sobre as seguintes categorias temáticas, no Chile: Perspectiva histórica sobre o tema; Aspectos geracionais; Reflexões sobre as políticas de juventude; Repertórios e novas configurações de participação juvenil; Imaginários sobre os jovens nos discursos institucionais e nas políticas públicas; Participação no contexto de consumo de massa; Impressões dos jovens sobre política; Já no contexto Argentino: Jovens e educação/Política no contexto Escolar/ Movimentos sociais/estudantil; jovens no contexto urbano; Representações e formações discursivas; Perspectiva histórica e Políticas para a juventude. Essas categorias temáticas nos ajudaram a compreender a difícil relação histórica entre os jovens e o Estado nos processos de formulação de políticas públicas voltadas para esses atores sociais que foram negligenciados e mal interpretados desde a sua irrupção enquanto sujeitos sociais importantes, não apenas sob essa perspectiva, mas também, ajuda-nos a compreender sua importância no aprimoramento e aprofundamento da democracia nos países em análise.
It is a study about the political participation of young Argentines and Chileans who intends to present the main discussions around this theme. Through a Systematic Review of Literature (RSL), it was possible to perceive that scholars have been considering the following thematic categories, In Chile: Historical perspective on the theme; Generational aspects; Reflections on youth policies; Repertories and new configurations of youth participation; Imaginaries about young people in institutional discourses and public policies; Participation in the context of mass consumption; Impressions of young people on politics; Already in the Argentine context: Youth and education / Politics in the School context / Social movements / student; young people in the urban context; Representations and discursive formations; Historical Perspective and Policies for Youth. These thematic categories have helped us to understand the difficult historical relationship between young people and the State in the processes of formulating public policies aimed at these social actors that have been neglected and misinterpreted since their emergence as important social subjects, not only from this perspective, but also helps us to understand its importance in improving and deepening democracy in the countries under analysis.