Extração em ponto nuvem para a determinação de benzo(a)pireno em água potável por espectrometria de fluorescência molecular

O benzo(a)pireno, B(a)P, faz parte do grupo de compostos poluentes conhecidos como hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPAs). Este composto apresenta grande interesse ambiental por ser o mais potente carcinógeno dentre os 16 HPAs considerados prioritários pela Agência de Proteção Ambiental dos...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2017
Main Author: Silva, Marden Eugênio de Oliveira lattes
Orientador/a: Bichinho, Kátia Messias lattes
Co-advisor: Araújo, Mário César Ugulino de
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Federal da Paraíba
Programa: Programa de Pós-Graduação em Química
Department: Química
Assuntos em Português:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/11885
Resumo Português:O benzo(a)pireno, B(a)P, faz parte do grupo de compostos poluentes conhecidos como hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPAs). Este composto apresenta grande interesse ambiental por ser o mais potente carcinógeno dentre os 16 HPAs considerados prioritários pela Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (US-EPA). Neste trabalho, é proposto um método para determinação de B(a)P em água potável pela técnica de extração em ponto nuvem baseada em ambiente micelar formado através do dodecil sulfato de sódio (SDS) como processo prévio à espectrometria de fluorescência molecular. As condições de excitação do B(a)P foram previamente avaliadas para obtenção de espectros de fluorescência, com o máximo de intensidade possível. O efeito da quantidade de SDS na emissão de fluorescência do B(a)P foi estudado. Outro estudo realizado foi o de estabilidade do B(a)P ao longo de nove semanas consecutivas, sendo observado que este composto mostrou-se estável, uma vez que não houve variações significativas de sinal analítico no intervalo de tempo estudado. O comprimento de onda de 286 nm para a excitação do analito foi escolhido, registrando-se um sinal de emissão máximo em 405 nm, enquanto que, dentre as concentrações de SDS para o procedimento de ponto nuvem avaliadas (0,5 % a 4,3 %), a de 1% m v-1 correspondeu ao maior sinal de emissão do analito. A faixa de resposta linear estudada está entre 1 e 110 µg L-1 com LOD e LOQ de 0,12 µg L-1 e 0,37 µg L-1, respectivamente. Os valores obtidos pela análise de variância mostraram que o modelo linear construído apresenta significância de regressão e é bem ajustado. Para os testes de recuperação, foram utilizados três níveis de concentrações da curva analítica, sendo obtido recuperações de 80 a 123% e o fator de melhoramento apresentou valor de 21. Por fim, o método proposto foi utilizado para a determinação de B(a)P em 10 amostras de água potável de diferentes bairros da cidade de João Pessoa. A presença de B(a)P não foi detectada em nenhuma das amostras analisadas, estando em conformidade com a legislação vigente, que determina um valor máximo permitido de 0,7 µg L-1.
Benz(a)pyrene (B(a)P) is part of the group of pollutants known as polycyclic aromatic hydrocarbons (PAHs). This compound is of great environmental interest because it is the most potent carcinogen among the 16 PAHs considered as priority by the United States Environmental Protection Agency (US-EPA). In this work, a method for the determination of B(a)P in drinking water by the cloud point extraction technique based on micellar medium formed by sodium dodecyl sulfate (SDS) as a process prior to molecular fluorescence spectrometry is proposed. The excitation conditions of B(a)P were previously evaluated to obtain fluorescence spectra with the highest possible intensity. The effect of the amount of SDS on the fluorescence emission of B(a)P was studied. Another study carried out was the stability of B(a)P over nine consecutive weeks, and it was observed that this compound was stable, since there were no variations of analytical signal in the time interval studied. The wavelength of 286 nm for the analyte excitation was chosen, with a maximum emission signal being recorded at 405 nm, whereas among the SDS concentrations for the cloud point procedure evaluated (0.5% to 4, 3%), that of 1% m v-1 corresponded to the highest emission signal of the analyte. The linear response range studied was between 1 and 110 µg L-1 with LOD and LOQ of 0.12 µg L1 and 0.37 µg L-1, respectively. The values obtained by the analysis of variance showed that the constructed linear model presents regression significance and is well adjusted. For the recovery tests, three levels of analytical curve concentrations were used, recoveries of 80 to 123% were obtained and the improvement factor presented value of 21. Finally, the proposed method was used for the determination of B(a)P in 10 drinking water samples from different districts of the city of João Pessoa. The presence of B (a) P was not detected in any of the analyzed samples, being in compliance with the current legislation which determines a maximum allowed value of 0.7 µg L-1.