A participação política juvenil: uma análise das experiências de jovens na Rede de Jovens do Nordeste/PB

The objective of this study is to analyze the political participation of young people who are part of or integrate the Northeast Youth Network. It is a question of discussing one of the forms of political participation of youth, which is expressed mainly by networking and opening up to government ag...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2016
Main Author: Oliveira, Adailson Regis de lattes
Orientador/a: Queiroz, Tereza Correia da Nóbrega lattes
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Federal da Paraíba
Programa: Programa de Pós-Graduação em Sociologia
Department: Sociologia
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/9739
Citação:OLIVEIRA, Adailson Regis de. A participação política juvenil: uma análise das experiências de jovens na Rede de Jovens do Nordeste/PB. 2016. 123 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Sociologia) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2016.
Resumo Português:O presente trabalho tem por objetivo analisar a participação política de jovens que integram ou integraram a Rede de Jovens do Nordeste. Trata-se de discutir uma das formas de participação política da juventude, que se expressa, sobretudo pela articulação em redes e pela abertura para a atuação em organismos governamentais. A pesquisa, de natureza qualitativa, é feita a partir de relatos dos próprios jovens, no sentido de apreender como atribuem significado a suas experiências como atores políticos, sejam nas práticas organizativas e de mobilização sejam como representantes da Rede em organismos governamentais. O período analisado é de 2005 a 2011, quando a Rede é mais atuante no Nordeste e foram entrevistados jovens que participaram em diferentes momentos da história da Rede. As análises das falas dialogam com o conceito de juventude, entendido como uma categoria mutável que é significada também pelos próprios jovens, a partir de suas experiências na família, no trabalho, na escola, na igreja e na política. A participação política é entendida num sentido ampliado envolvendo práticas organizativas, de ação direta e de mediação, bem como a elaboração de representações sobre o significado da democracia, da participação e da cidadania. Os resultados mostram não só a contribuição da Rede, como espaço de inserção e participação política de uma parcela da juventude, mas de formação humana baseado em novos laços de solidariedade na construção de uma nova cultura política.
Resumo inglês:The objective of this study is to analyze the political participation of young people who are part of or integrate the Northeast Youth Network. It is a question of discussing one of the forms of political participation of youth, which is expressed mainly by networking and opening up to government agencies. The research, of a qualitative nature, is based on reports from the youth themselves, in order to understand how they attribute meaning to their experiences as political actors, whether in organizational and mobilization practices or as representatives of the Network in governmental bodies. The period analyzed is from 2005 to 2011, when the Network is more active in the Northeast and young people were interviewed who participated in different moments of the Network's history. The analysis of the speech talks with the concept of youth, understood as a changeable category that is also signified by young people themselves, from their experiences in the family, work, school, church and politics. Political participation is understood in an expanded sense involving organizational practices, direct action and mediation, as well as the elaboration of representations about the meaning of democracy, participation and citizenship. The results show not only the contribution of the Network, but also a space of insertion and political participation of a part of the youth, but of human formation based on new bonds of solidarity in the construction of a new political culture.