As condições de trabalho docente em escola-modelo da rede municipal de educação do Cabo de Santo Agostinho

A presente pesquisa de abordagem qualitativa teve como objetivo geral analisar as condições de trabalho docente no contexto de uma política educacional implementada na Rede Municipal de Educação do Cabo de Santo Agostinho, município localizado na região metropolitana de Recife - Pernambuco. Trata-se...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2015
Main Author: SANTOS, Joseane Maria da Silva
Orientador/a: OLIVEIRA, Ramon de
Format: Dissertação
Language:por
Published: UnIversidade Federal de Pernambuco
Programa: Programa de Pos Graduacao em Educacao
Assuntos em Português:
Online Access:https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17197
Resumo Português:A presente pesquisa de abordagem qualitativa teve como objetivo geral analisar as condições de trabalho docente no contexto de uma política educacional implementada na Rede Municipal de Educação do Cabo de Santo Agostinho, município localizado na região metropolitana de Recife - Pernambuco. Trata-se das denominadas “escolas-modelo” as quais têm como objetivo melhorar a qualidade da educação. O desenvolvimento da pesquisa se deu por meio de pesquisa de campo e de análise documental em uma das seis escolas-modelo até então existentes. Realizamos entrevista semiestruturada com professores, gestão da escola e com representante do sindicato dos professores. Em relação às condições físicas de trabalho notamos um avanço significativo; os professores vêm desenvolvendo seu trabalho em uma escola com infraestrutura física e com recursos didáticos que ainda não são realidade na maior parte das escolas públicas brasileiras. No entanto, no que diz respeito às condições de emprego algumas questões continuam problemáticas, principalmente no que concerne à baixa remuneração recebida, fazendo com que ampliem sua jornada de trabalho em busca de complementarem seus rendimentos, contribuindo com os processos de intensificação de seu trabalho. Observamos incongruências em relação aos direitos previstos no estatuto que rege estes professores e a garantia efetiva de tais direitos. O plano de cargos e carreiras, pouco atrativo, não promove a contento a valorização profissional dos docentes e a formação continuada ofertada pela Secretaria Municipal de Educação é restrita a cursos de atualização pedagógica, ficando de fora os cursos de pós-graduação lato sensu e stricto sensu os quais contribuem para a progressão na carreira desses professores. Por dispor de uma infraestrutura privilegiada em relação às demais escolas, foi elaborada uma proposta educacional também diferenciada na qual está prevista a oferta da educação integral em tempo integral. No entanto, tal proposta até o presente momento não saiu do papel, sendo ofertado nesta escola o ensino em tempo semi-integral voltado apenas para o Ensino Fundamental II. As melhorias das condições infraestruturais de trabalho docente nesta escola têm sua relevância, mas dissociada de outras ações não promove a contento a melhoria das condições de trabalho docente no sentido amplo do termo.