Entre disposições práticas e militantes: as trajetórias de jovens jornalistas gaúchos e suas relações com o campo jornalístico.

A presente pesquisa buscou descobrir se existem diferentes disposições entre jovens jornalistas gaúchos e como essas se relacionam com as características do campo jornalístico. Para isso, damos início a este estudo discutindo a mídia brasileira e gaúcha a partir de uma perspectiva histórica. Na sequ...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2020
Main Author: Garcia, Estevan de Freitas
Orientador/a: Niz, Pedro Alcides Robertt
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Federal de Pelotas
Programa: Programa de Pós-Graduação em Sociologia
Department: Instituto de Filosofia, Sociologia e Politica
Assuntos em Português:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/6165
Citação:GARCIA, Estevan de Freitas. Entre disposições práticas e militantes: as trajetórias de jovens jornalistas gaúchos e suas relações com o campo jornalístico. 2020. 168 f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Sociologia. Instituto de Filosofia, Sociologia e Política, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2020.
Resumo Português:A presente pesquisa buscou descobrir se existem diferentes disposições entre jovens jornalistas gaúchos e como essas se relacionam com as características do campo jornalístico. Para isso, damos início a este estudo discutindo a mídia brasileira e gaúcha a partir de uma perspectiva histórica. Na sequência, abordamos a regulamentação da profissão de jornalista no Brasil e analisamos alguns dados sobreos jornalistas brasileiros (número de registrados, gênero, cor, formação, funções dos profissionais, entre outros). No capítulo teórico, apresentamos em duas partes as perspectivas teóricas adotadas –a teoria dos campos, de Pierre Bourdieu, e a teoria doator plural, de Bernard Lahire. Na continuação, se explica a metodologia utilizada na pesquisa. As análises se dividiram em duas partes: primeiro apresentamos as características do campo jornalístico, a partir da aplicação da teoria dos campos e, em seguida, as biografias dos jovens jornalistas estudados, seguidas de interpretações sobre suas construções disposicionais. Por último, apresentamos as considerações finais de pesquisa. Como principal resultado da pesquisa, surge um melhor enquadramento na mídia tradicional daqueles jornalistas que demonstram maiores disposições práticas, em contraposição aos jornalistas que possuem disposições críticas, para o conflito e para militância política.
This research sought to find out if there are different dispositions among young journalists from Rio Grande do Sul and how they relate to the journalistic field’s characteristics. So, we begin this study by discussing the media from Brazil and Rio Grande do Sul from a historical perspective. After that, we approached the regulation of the profession of journalist in Brazil and analyzed some data about Brazilian journalists (number of registered professionals, gender, skin colour, training, professional functions, among others). In the theoretical chapter, we present the theoretical perspectives adopted in twoparts -Pierre Bourdieu's theory of fields and Bernard Lahire's theory of the plural actor. Following, we explain the methodology used in the research. We divided the analysis into two parts: first we present the characteristics of the journalistic field,from the application of the theory of the fields and then, the biographies of the young journalists studied, followed by interpretations of their dispositional constructions. Finally, the final research considerations are presented. As the main result of the research, there is a better fit in the field of traditional media for those journalists who demonstrate greater practical dispositions, in contrast to journalists who have critical dispositions, for conflict and for political militancy.