Saneamento de Pelotas (1871-1915): o patrimônio sob o signo de modernidade e progresso

This dissertation presents the results of a research work developed in the Master's degree in Social Memory and Cultural Patrimony of the Federal University of Pelotas. The study analyzes the first initiatives of sanitation of the city of Pelotas (RS) started through the installation of a priva...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2010
Main Author: Xavier, Janaina Silva
Orientador/a: Silva, Ursula Rosa da
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Federal de Pelotas
Programa: Programa de Pós-Graduação em Memória Social e Patrimônio Cultural
Department: Instituto de Ciências Humanas
Assuntos em Portugês:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://repositorio.ufpel.edu.br/handle/ri/1055
Citação:XAVIER, Janaina Silva. Saneamento de Pelotas (1871-1915): o patrimônio sob o signo de modernidade e progresso. 2010. 355 f. Dissertação (Mestrado em Memória Social e Patrimônio Cultural) - Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2010.
Resumo Português:Esta dissertação apresenta os resultados de um trabalho de pesquisa desenvolvido no Mestrado em Memória Social e Patrimônio Cultural, da Universidade Federal de Pelotas. O estudo analisa as primeiras iniciativas de saneamento da cidade de Pelotas (RS) através da instalação de uma concessionária privada chamada Companhia Hydráulica Pelotense que, em 1871, implantou os serviços de abastecimento de água. Posteriormente, o poder público municipal criou a Seção de Águas e Esgotos, por meio do qual ela encampou a Hydráulica a fim de ampliar os serviços de água e construir o primeiro sistema esgotos, inaugurado em 1915. O trabalho apresenta a situação sanitária de Pelotas antes dos serviços de água e esgotos, os motivos que levaram a cidade a buscar as melhorias sanitárias, onde as a administração pública encontrou referências, a trajetória das obras, os resultados e a repercussão junto à sociedade local. A dissertação discute ainda os conceitos de modernidade e progresso presentes na Europa no século XIX e sua influência na urbanização das cidades e faz uma breve análise do patrimônio histórico e cultural do saneamento de Pelotas
Resumo inglês:This dissertation presents the results of a research work developed in the Master's degree in Social Memory and Cultural Patrimony of the Federal University of Pelotas. The study analyzes the first initiatives of sanitation of the city of Pelotas (RS) started through the installation of a private dealership called Hydraulic Company from Pelotas that in 1871, implanted the services of water supply. Later, the municipal public power created the Section of Waters and Sewers, through which annulled the Hydraulic Company in order to enlarge the services of water and to build the first sewers system that it was inaugurated in 1915. The work presents the sanitary situation of Pelotas before the services of water and sewers, the reasons that took the city to look for the sanitary improvements, where the public administration found references, the path of the works, the results and the repercussion close to the local society. The dissertation still discusses the modernity concepts and progress present in Europe in the XIX century and its influence in the urbanization of the cities and does a brief analysis of the historical and cultural patrimony of the sanitation of Pelotas