Autoavaliação institucional na dimensão do SINAES comunicação com a sociedade : estudo de múltiplos casos em instituições de ensino superior do Rio Grande do Norte

This study is about the institutional self-evaluation in Dimension 4, "Communication with Society", from the National System of Higher Education Evaluation SINAES, mandatory for all universities in Brazil. A multiple cases study was conducted with three institutions from Rio Grande do Nort...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2013
Main Author: Souza, Rosana Curvelo de
Orientador/a: Añez, Miguel Eduardo Moreno
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Programa: Programa de Pós-Graduação em Administração
Department: Políticas e Gestão Públicas; Gestão Organizacional
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/12227
Citação:SOUZA, Rosana Curvelo de. Autoavaliação institucional na dimensão do SINAES comunicação com a sociedade : estudo de múltiplos casos em instituições de ensino superior do Rio Grande do Norte. 2013. 99 f. Dissertação (Mestrado em Políticas e Gestão Públicas; Gestão Organizacional) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Resumo Português:Esta dissertação trata da autoavaliação institucional na Dimensão 4, Comunicação com a Sociedade , do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior SINAES, obrigatória a todas as instituições de ensino superior do Brasil. Realizou-se um estudo de múltiplos casos com três instituições do estado do Rio Grande do Norte, com o objetivo geral de conhecer como a referida avaliação é realizada, descrevendo o conceito para avaliação da comunicação proposto por elas e identificando aspectos controladores ou emancipatórios, categorizando os procedimentos metodológicos empregados e discutindo as dificuldades relatadas no processo avaliativo da comunicação. Os coordenadores das Comissões Próprias de Avaliação das instituições foram entrevistados e, os dados, categorizados por meio de análise qualitativa de conteúdo. Percebeu-se características das correntes controladora, emancipatória e híbrida nas concepções das três instituições para avaliação da comunicação, revelando a falta de um corpus teórico constituído que transite em acordo com a perspectiva sistêmica e a epistemologia da complexidade do SINAES. Constatou-se que as dificuldades mais relatadas nos processos avaliativos da comunicação encontram-se na etapa de preparação, principalmente na definição de indicadores e instrumentos e no trabalho de sensibilização. A fragilidade no planejamento faz com que as próprias atividades do setor de comunicação tornem-se objetivos da avaliação, constituindo objetivos pobres e relacionados de maneira pouco significativa com metas organizacionais mais abrangentes. Concluiu-se também que o domínio técnico da avaliação não pode sobrepor-se às questões associadas com o tema mais amplo da complexidade que envolve o paradigma da avaliação proposta pelo SINAES, pois contradições e imperfeições fazem parte do processo avaliativo e são diversas as referências atuais na literatura que sustentam essa visão. Por fim, comenta-se que objetivos como transparência e mudanças de comportamento podem contar com metodologias e técnicas de pesquisa voltadas para a questão da construção de sentido
Resumo inglês:This study is about the institutional self-evaluation in Dimension 4, "Communication with Society", from the National System of Higher Education Evaluation SINAES, mandatory for all universities in Brazil. A multiple cases study was conducted with three institutions from Rio Grande do Norte, and the goal was to know how this evaluation is made, describing the concept for the evaluation of communication proposed by them, identifying controllers or emancipator aspects, categorizing methodological procedures and discussing the difficulties reported in the communication evaluation process. Coordinators of the institutions Evaluating Committees were interviewed and data categorized by means of qualitative content analysis. It was noted characteristics of the current controller, emancipator and hybrid designs in the three institutions for evaluation of communication, revealing the lack of a theoretical corpus that transits in accordance with the systemic perspective and epistemology of complexity from SINAES. It was found that the most frequently reported difficulties in the evaluation processes of communication are in the preparation stage, especially in the definition of indicators and tools and awareness work. The weakness in planning makes their own activities in the sector of communication become targets of assessment, forming goals poorly related with broader organizational goals. It was also concluded that the technical evaluation cannot override the issues associated with the broader issue of the complexity surrounding the assessment paradigm proposed by SINAES because contradictions and imperfections are part of the evaluation process and several references are current in the literature to support this view. Finally, it is said that objectives such as transparency and behavioral changes can rely on methodologies and techniques for research on the question of the construction of meaning