Aplicação das técnicas eletroanalíticas (voltametria cíclica e de pulso diferencial) usando o eletrodo de diamante dopado com boro para o estudo da isoniazida, etambutol, rifampicina e pirazinamida

In this work a study was done using electrochemical cyclic voltammetry and differential pulse voltammetry for isoniazida (INH), ethambutol (EMB), rifampicina (RIF) and pyrazinamide (PZA) using the electrode boron-doped diamond (BDD) as working electrode. It also verified the applicability of the tec...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2013
Main Author: Oliveira, Severina Denise Sales de
Orientador/a: Huitle, Carlos Alberto Martinez
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Programa: Programa de Pós-Graduação em Química
Department: Físico-Química; Química
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/17761
Citação:OLIVEIRA, Severina Denise Sales de. Aplicação das técnicas eletroanalíticas (voltametria cíclica e de pulso diferencial) usando o eletrodo de diamante dopado com boro para o estudo da isoniazida, etambutol, rifampicina e pirazinamida. 2013. 130 f. Dissertação (Mestrado em Físico-Química; Química) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Resumo Português:Neste trabalho foi feito um estudo eletroquímico utilizando a voltametria cíclica e voltametria de pulso diferencial para os fármacos isoniazida (INH), etambutol (EMB), rifampicina (RIF) e pirazinamida (PZA) usando o eletrodo de diamante dopado com boro (BDD) como eletrodo de trabalho. Foi também verificado a aplicabilidade da técnica de voltametria de pulso diferencial na quantificação dos princípios ativos usados no tratamento da tuberculose, posteriormente aplicando em amostras de formulação farmacêutica. Dentre os quatro princípios ativos estudados, a isoniazida apresentou os melhores resultados de detecção e quantificação com o uso da voltametria de pulso diferencial. Em pH 4 e pH 8, as curvas de calibração para a INH apresentaram boa linearidade, apresentando os limites de quantificação de 6,15 μmol L-1 (0,844 ppm) e 4,08 μmol L-1 (0,560 ppm), para os respectivos pH. O método proposto pode ser usado para a determinação de isoniazida em fármacos, pois foram obtidos valores de recuperação em torno de 100%
Resumo inglês:In this work a study was done using electrochemical cyclic voltammetry and differential pulse voltammetry for isoniazida (INH), ethambutol (EMB), rifampicina (RIF) and pyrazinamide (PZA) using the electrode boron-doped diamond (BDD) as working electrode. It also verified the applicability of the technique of differential pulse voltammetry in the quantification of the active compounds used in the treatment of tuberculosis, subsequently applying in samples of pharmaceutical formulation. Among the four active compounds studied, isoniazid showed the best results for the detection and quantification using differential pulse voltammetry. At pH 4 and pH 8, for the calibration curves to INH showed good linearity, with quantification limits of 6.15 mmol L-1 (0,844 ppm) and 4.08 mmol L-1 (0.560 ppm) for the respective pH. The proposed method can be used to determine drug isoniazid, for recovery values were obtained in approximately 100%