Estudo do óleo das sementes de Carthamus tinctorius L. Para produção de biodiesel

Most of the energy consumed worldwide comes from oil, coal and natural gas. These sources are limited and estimated to be exhausted in the future, therefore, the search for alternative sources of energy is paramount. Currently, there is considerable interest in making trade sustainable biodiesel, a...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2012
Main Author: Morais, Ellen Kadja Lima de
Orientador/a: Costa, Marta
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Programa: Programa de Pós-Graduação em Química
Department: Físico-Química; Química
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/17707
Citação:MORAIS, Ellen Kadja Lima de. Estudo do óleo das sementes de Carthamus tinctorius L. Para produção de biodiesel. 2012. 96 f. Dissertação (Mestrado em Físico-Química; Química) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.
Resumo Português:A maior parte da energia consumida no mundo provém do petróleo, do carvão e do gás natural. Essas fontes são limitadas e com previsão de esgotamento no futuro, portanto, a busca por fontes alternativas de energia é de suma importância. Atualmente, há um considerável interesse em tornar sustentável o comércio do biodiesel, um combustível alternativo ao de origem fóssil, em função de sua natureza renovável e dos benefícios ambientais de seu emprego em larga escala. Essa tendência levou o governo brasileiro a estabelecer um programa (Probiodiesel) com o objetivo de introduzir o biodiesel na matriz energética nacional, através da adição de 5% de biodiesel ao diesel convencional em 2010, de forma a incentivar não somente o aumento de fontes renováveis de energia, mas reduzir as importações do óleo bruto. O presente trabalho avalia diferentes métodos de extrações (Soxhlet, Ultrassom e Exaustiva) do óleo de Carthamus tinctorius L., sua caracterização por IV, RMN 1H e 13C, CLAE, TG e Estabilidade Oxidativa que na presença de antioxidante demonstrou ser bastante satisfatório e seu emprego na produção de éster metílico (razão molar óleo/álcool; 1:6; NaOH como catalisador). Os parâmetros fisico-químicos (índice de acidez, densidade, viscosidade, índice de saponificação e tensão superficial) do óleo e biodiesel também estão descritos. O biodiesel produzido que apresentou rendimento de 93,65%, foi caracterizado em relação as suas propriedades fisico-químicas apresentando resultados satisfatórios (Densidade = 875 kg/m3; Viscosidade = 6,22 mm2/s; IA = 0,01 mg (NaOH)/g) quando comparados com os valores estabelecidos pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis
Resumo inglês:Most of the energy consumed worldwide comes from oil, coal and natural gas. These sources are limited and estimated to be exhausted in the future, therefore, the search for alternative sources of energy is paramount. Currently, there is considerable interest in making trade sustainable biodiesel, a fuel alternative to fossil fuels, due to its renewable nature and environmental benefits of its use in large scale. This trend has led the Brazilian government to establish a program (Probiodiesel) with the aim of introducing biodiesel into the national energy matrix, by addition of 5% biodiesel to conventional diesel in 2010 to foster not only the increase of renewable energy, but reduce imports of crude oil. This work evaluates different methods of extraction of oil Carthamus tinctorius L., their characterization by IR, 1H and 13C NMR, HPLC and TG and their use in the production of methyl ester (molar ratio of oil / alcohol 1:6, and NaOH catalyst). The physico-chemical parameters (acid value, density, viscosity, saponification index and surface tension) of oil and biodiesel were also described. The produced biodiesel had a yield of 93.65%, was characterized in relation to their physicochemical properties showing satisfactory results (density=875 kg/m3, viscosity = 6.22 mm2/s, AI = 0.01 mg (NaOH) /g) compared with the values established by the the National Agency Oil, Natural Gas and Biofuels