Universalidade, fractalidade, processos difusivos e maratonas: física além da física

O objetivo principal desse trabalho é analisar a distribuição dos intervalos de tempos medida entre participantes que chegam, consecutivamente, ao final de maratonas e meias maratonas. Mais especificamente, se é o tempo de chegada do i-ésimo corredor, o intervalo de tempo entre ele e seu consecutivo...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2018
Main Author: Silva, Gustavo Miasato
Orientador/a: Silva, Luciano Rodrigues da
Format: Dissertação
Language:por
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FÍSICA
Assuntos em Português:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26289
Citação:SILVA, Gustavo Miasato. Universalidade, fractalidade, processos difusivos e maratonas: física além da física. 2018. 74f. Dissertação (Mestrado em Física) - Centro de Ciências Exatas e da Terra, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Resumo Português:O objetivo principal desse trabalho é analisar a distribuição dos intervalos de tempos medida entre participantes que chegam, consecutivamente, ao final de maratonas e meias maratonas. Mais especificamente, se é o tempo de chegada do i-ésimo corredor, o intervalo de tempo entre ele e seu consecutivo será dador por , em que N é o número total de corredores. Após analisar vários conjuntos de dados verificamos que a distribuição encontrada é do tipo lei de potência $ , com Utilizamos dados de maratonas e meias maratonas de diversos países em diversos anos. Além do fato de termos encontrado leis de potência, outros dois resultados que consideramos relevantes são o fato das distribuições apresentarem a mesma classe de universalidade, ou seja, apresentarem os mesmos expoentes, e de serem invariantes do espaço e no tempo, ou seja, independente do lugar e do ano do evento. Acreditamos que essa mesma ideia pode ser aplicada para outros tipos de competições.
The aim of this work is the analysis of the distribution of time intervals t measured among participants who cross the finish line consecutively in marathons and half marathons. More specifically, if ti is the finish time of the i-th finisher, the time interval between him or her and the next one will be t = ti+1 ti, i = 1, ..., N 1. N is the finishers total number. After analysing di↵erent set of data, we verified that the distribuition is of power law type N(t) / t (1+↵) , with ↵ ⇡ 1.2. Our study used data set from marathons and half marathons across several countries and years. Besides the power law encountered, two other results that we consider relevant are the fact that the distributions show the same universality class, that is, the same exponent, and that it is invariant in space and time, meaning that it is independent of the place and year of the event. We believe that the same procedure can be applied to di↵erent competitions.