Caracterização de soluções de quitosana por espalhamento dinâmico de luz

Dynamic light scattering was used to monitor relaxation processes in chitosan solutions at concentrations within the semi-dilute and concentrated regimes, Kowhlrausch-Williams-Watts (KWW) equation being successfully fitted to intensity correlation function data. The dependence of KWW equation parame...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2012
Main Author: Oliveira, Victor Anderson Veríssimo de
Orientador/a: Fonseca, José Luis Cardozo
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Programa: Programa de Pós-Graduação em Química
Department: Físico-Química; Química
Assuntos em Portugês:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/17662
Citação:OLIVEIRA, Victor Anderson Veríssimo de. Caracterização de soluções de quitosana por espalhamento dinâmico de luz. 2012. 46 f. Dissertação (Mestrado em Físico-Química; Química) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.
Resumo Português:O espalhamento dinâmico de luz foi utilizado para monitorar processos de relaxações em soluções de quitosana em concentrações dentro dos regimes semidiluídas e concentradas, a equação Kowhlrausch-Williams-Watts (KWW) foi ajustada com êxito para os dados de intensidade de função de correlação. A dependência dos parâmetros da equação KWW sobre a concentração de quitosana indicam que um aumento na concentração de semidiluída à concentrada resultou no estreitamento da distribuição das taxas de relaxação; a dependência da temperatura indicada no processo de relaxação, foi descrito como energia de ativação do processo, cujos parâmetros foram funções da interação entre as cadeias de quitosana (entalpia de ativação) e rigidez das conformações de quitosana (fator pré-exponencial)
Resumo inglês:Dynamic light scattering was used to monitor relaxation processes in chitosan solutions at concentrations within the semi-dilute and concentrated regimes, Kowhlrausch-Williams-Watts (KWW) equation being successfully fitted to intensity correlation function data. The dependence of KWW equation parameters on chitosan concentration indicated that an increase in concentration from semi-dilute to concentrated regimes resulted in narrowing the distribution of relaxation rates; temperature dependence indicated the relaxation process as described as an energy activated process, whose parameters were function of the interaction between chitosan chains (enthalpy of activation) and rigidity of chitosan conformations (pre-exponential factor)