Potencial antioxidante do extrato aquoso do fruto do noni em diluente para congelação de sêmen ovino

It is known that antioxidants when added to extenders can contribute to preserving the integrity of sperm cells. How noni is considered a fruit with antioxidant potential, aimed to evaluate the feasibility of ram semen subjected to dilution in medium containing different amounts of aqueous extract o...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2015
Main Author: Nascimento, Anna Lauren Costa
Orientador/a: Santos, Anselmo Domingos Ferreira
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Federal de Sergipe
Programa: Pós-Graduação em Zootecnia
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://ri.ufs.br/handle/riufs/6370
Citação:NASCIMENTO, Anna Lauren Costa. Antioxidant activity of aqueous extract of noni fruit in thinner to ram semen freezing. 2015. 52 f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2015.
Resumo Português:Sabe-se que as substâncias antioxidantes quando adicionadas aos meios diluidores podem contribuir para a preservação da integridade de células espermáticas. Como o noni é considerado um fruto com potencial antioxidante, objetivou-se avaliar a viabilidade de sêmen ovino submetido a diluição em meio contendo diferentes quantidades de extrato aquoso de noni (Morinda citrifolia L). Inicialmente o noni foi colhido e em seguida elaborou-se o extrato aquoso a ser adicionado ao meio diluidor. O fruto foi avaliado quanto as suas características físico-químicas apresentando como resultados ph=4,12; Acidez titulável = 8,78%; Sólidos solúveis = 8,18°Brix e teor de Vitamina C = 309,43 mg.100-1. O extrato aquoso produzido foi avaliado quanto a quantificação de compostos fenólicos totais, atividade antioxidante e capacidade de inibição da peroxidação lipídica, apresentando quantidades de fenóis totais de 47,96 ± 1,95 mg Eq. Ácido Gálico.100g-1 do extrato. Na concentração de 3,0 μg.mL-1 no tempo de 30 minutos apresentou uma atividade antioxidante de 89,35 ± 2,32 %, sendo observado que apenas 1,2± 0,15 μg/mL da amostra é suficiente para reduzir o radical 2,2-difenil-1- picril-hidrazila (DPPH) em 50%. Também apresentou uma excelente capacidade redox em inibir a lipoperoxidação na concentração de 10 μg.mL-1, sendo semelhante ao controle positivo sintético Trolox (p<0,05) O extrato nas concentrações de 72 e 120μg.mL-1 foi capaz de inibir a lipoperoxidação no meio diluídor em 21,75% e 51,32%. Os tratamentos para congelação de sêmen ovino diferiram quanto a utilização de meio diluidor contendo diferentes concentrações do extrato: T1- controle, sem adição; T2- 24 μg/mL; T3-72 μg/mL; T4 - 120 μg/mL. Um total de 16 ejaculados foram coletados, diluídos de acordo com os tratamentos e congelados. Após a descongelação o sêmen foi submetido ao teste de termorresistência (TTR) e avaliado quanto a motilidade subjetiva, vigor espermático, teste de integridade de membrana plasmática pelo teste hiposmótico, teste supravital, e pela combinação de fluorocromos SYBR Green e iodeto de propídio (IP), e o status de capacitação espermática e reação acrossomal pela clortetracliclina (CTC). O resultado encontrado para o TTR mostrou o T2 com melhor motilidade 22,6 ± 9,7; que os demais tratamentos com adição de extrato, enquanto que os tratamentos T1e T2 apresentaram melhor vigor que o T4; no teste hiposmótico o T3 mostrou-se superior ao T2 após duas horas de incubação; o T4 mostrou melhor preservação da membrana plasmática e quanto a capacitação espermática os tratamentos diferiram P<0,05 apenas para espermatozoides capacitados com acrossomo reagido. Também foi realizada a análise de cinética através de sistema computadorizado no momento da descongelação e os percentuais para motilidade progressiva nos tratamentos T1, T2, T3 e T4 foram 26,9±9,7; 20,1±12,6; 20,7±10,8 e 15,5±9,2 respectivamente, para os parâmetros velocidade curvilinear (VCL) e velocidade do percurso médio (VAP) os tratamentos T1 e T2 mostraram-se superior ao T3 e T4, e para amplitude de deslocamento lateral da cabeça (ALH) o T4 apresentou inferioridade aos outros tratamentos testados. Não se observou diferença para velocidade em linha reta (VSL), retilinearidade (STR) e linearidade (LIN). Os tratamentos com adição de extrato aquoso de noni apresentaram maior viabilidade que o tratamento controle.
Resumo inglês:It is known that antioxidants when added to extenders can contribute to preserving the integrity of sperm cells. How noni is considered a fruit with antioxidant potential, aimed to evaluate the feasibility of ram semen subjected to dilution in medium containing different amounts of aqueous extract of noni (Morinda citrifolia L). Initially noni cropped and then elaborated the aqueous extract to be added to the medium thinner. The fruit was evaluated for its physical and chemical characteristics as presenting results ph = 4.12; Titratable acidity = 8.78%; Soluble solids = 8.18 ° Brix and Vitamin C = 309.43 mg.100-1 content. The aqueous extract produced was evaluated for quantification of total phenolic compounds, antioxidant activity and ability to inhibit lipid peroxidation, with amounts of total phenols of 47.96 ± 1.95 mg Eq. Gálico.100g acid-1 extract. Concentration of 3.0 μg.mL-1 time 30 minutes had antioxidant activity 89.35 ± 2.32% It was observed that only 1.2 ± 0.15 ug / ml of sample is sufficient to reduce the DPPH by 50%. It also exhibited excellent redox ability to inhibit lipid peroxidation in a concentration of 10 μg.mL-1, similar to the synthetic Trolox positive control (p <0.05) at 72 The Extract concentrations and 120μg.mL-1 was able to inhibit lipid peroxidation in the thinner half in 21.75% and 51.32%. Treatments for ram semen freezing differ in the use of thinner medium containing different concentrations of the extract: T1- control without addition; T2 24 mg / mL; T3-72 / mL; T4 - 120 mg / mL. A total of 16 ejaculates were collected, diluted according to the treatments and frozen. After thawing the semen was subjected to heat resistance test (TTR) and evaluated for the subjective motility, sperm vigor, health test hypoosmotic swelling test plasma membrane, supravital test, and the combination of SYBR Green and fluorochrome propidium iodide (PI ), and the status of sperm capacitation and acrosome reaction by clortetracliclina (CTC). The results found for TTR showed T2 with better motility 22.6 ± 9.7; than the other treatments with the addition of extract, while the T1 and T2 treatments showed better effect than T4; in hiposmotic test T3 was superior to T2 after two hours of incubation; T4 showed better preservation of the plasma membrane and the sperm capacitation treatments differ P <0.05 only for trained with sperm acrosome reacted. Also the kinetic analysis was performed using a computerized system at the time of thawing and the percentages for progressive motility in T1, T2, T3 and T4 were 26.9 ± 9.7; 20.1 ± 12.6; 20.7 ± 10.8 and 15.5 ± 9.2 respectively, for the curvilinear velocity parameters (VCL) and the average speed path (VAP) T1 and T2 shown to be superior to T3 and T4, and amplitude lateral displacement of the head (ALH) T4 showed inferiority to the other tested treatments. No difference was observed for straight-line speed (VSL), straightness (STR) and linearity (LIN). The treatments with the addition of aqueous extract of noni showed higher viability than control.