Matemática social e instrução pública em Condorcet

This thesis aims to study the theoretical framework of Social Mathematics in Condorcet and how he transposed his method by means of analogies, for the study of the development of the history of societies, politics, economy, demography and education. With the Social Mathematics, Condorcet expresses t...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2019
Main Author: Santos, Marcus Éverson
Orientador/a: Santos, Edmilson Menezes
Format: Tese
Language:por
Programa: Pós-Graduação em Educação
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/10941
Citação:SANTOS, Marcus Éverson. Matemática social e instrução pública em Condorcet. 2019. 206 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, 2019.
Resumo Português:A presente tese tem como objeto de estudo o quadro teórico da Matemática Social em Condorcet e como ele transpôs seu método, por meio de analogias, para o estudo do desenvolvimento da história das sociedades, da política, da economia, da demografia e da educação. Com a Matemática Social, Condorcet expõe que os objetos dessa ciência são “o homem”, as operações do seu espírito e as “coisas” que possam ser reduzíveis a uma medida comum do cálculo dos valores. A análise empírico-matemática do número de ocorrências e dos fatos extraídos da história ofereceu a Condorcet a certeza probabilística de que as nações mais avançadas foram aquelas que mantiveram a educação científica. Diante desse quadro teórico, colocamos o seguinte problema: em que medida, a partir dos objetos da Matemática Social, Condorcet buscava fazer analogias que apontassem as condições futuras da sociedade e, neste caso, qual seria o real papel da instrução pública para a manutenção do movimento contínuo do espírito humano na história? A partir desse questionamento, o objetivo geral desta tese é o de mostrar que o cálculo dos objetos da Matemática Social permitia a Condorcet prever quais eram as chances prováveis do constante aperfeiçoamento do espírito humano, motivo pelo qual, por analogia, ele passou a tratar a instrução pública como constante social do progresso das Luzes. Sendo o homem e as ações de seu espírito objetos da Matemática Social, a razão de ser da instrução pública era a de colocar em marcha a formação de um novo espírito público. Com a instrução pública obrigatória, a sociedade passaria a contar com um forte antídoto para combater os enormes prejuízos demográficos e humanitários causados pela ignorância. A metodologia utilizada nesta pesquisa baseou-se na leitura e análise de textos básicos de Condorcet, tais como: Quadro geral da ciência que tem por objeto a aplicação do cálculo as ciências políticas e morais, as Cinco memórias sobre a instrução pública e o Esboço de um quadro histórico sobre os progressos do espírito humano, dentre outros escritos.
Resumo inglês:This thesis aims to study the theoretical framework of Social Mathematics in Condorcet and how he transposed his method by means of analogies, for the study of the development of the history of societies, politics, economy, demography and education. With the Social Mathematics, Condorcet expresses that the objects of this science are "man", his operations of the spirit and the "things" that may be deductible to a common measure of the calculation of values. The empirical mathematical analysis of the number of instances and facts taken from the history offered Condorcet certainty that the most advanced Nations tended to be those that kept the scientific education. In this theoretical framework we place the following problem: to what extent, departing from the objects of Social Mathematics, Condorcet sought do analogies that pointed to the future conditions of society and, in this case, what would be the real role of public instruction for the maintenance of the continuous movement of the human spirit in history? From this questioning, the overall aim of the thesis is to show that the calculation of the objects of Social Mathematics allowed Condorcet predict what were the probable chances of the constant improvement of the human spirit, reason by which, by analogy, he then started to treat public instruction as social constant of the progress of the Lights. Being man and the actions of his spirit the objects of the Social Mathematics, the raison for the existence of the public instruction was to put in motion the formation of a new public spirit. With the compulsory public education, society would rely on a strong antidote to combat the enormous demographic and humanitarian damage caused by ignorance. The methodology used in the research was based on the reading and analysis of basic texts of Condorcet such as: General framework of science that has for object the implementation of political and moral sciences calculation, the Five memories about the public education and an outline of a historical picture on the progress of the human spirit, amongst others that have been written.