Potencial uso da manipueira no controle larvicida do Aedes aegypti

For the elimination of Aedes aegypti mosquito, vector of diseases such as dengue fever, yellow fever, zika virus and chikungunya fever, some control methods are used as the mechanical, chemical and biological. However, recent studies are being carried out with the aim of eliminating or controlling t...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2018
Main Author: Costa, Jussiene
Orientador/a: Barros, Valéria Priscila de
Co-advisor: Sarmento, Victor Hugo Vitorino
Format: Dissertação
Language:por
Programa: Pós-Graduação em Química
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/10155
Citação:COSTA, Jussiene. Potencial uso da manipueira no controle larvicida do Aedes aegypti. 2018. 36 f. Dissertação (Mestrado em Química) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, 2018.
Resumo Português:Para a eliminação do mosquito Aedes aegypti, vetor de doenças como dengue, febre amarela, zika vírus e febre chikungunya, alguns métodos de controle são utilizados como o mecânico, químico e biológico. Porém, estudos recentes estão sendo realizados com o intuito de eliminar ou controlar esse vetor com o menor impacto ambiental possível. A manipueira é um líquido leitoso de cor amarelo-claro que escorre das raízes da mandioca brava. É considerada como uma suspensão, devido à presença de pequenas partículas sólidas de amido no liquido. A toxidade da manipueira é consequente do β-glicosídeo linamarina, que é facilmente hidrolisada em ácido cianídrico. Ambientalmente, trata-se de um resíduo problemático pois possui uma alta carga de poluente com efeito tóxico. A acomodação ou o descarte inadequado no meio ambiente causa efeitos negativos no solo, em seres humanos e animais e torna a vida aquática impossível. Mas, devido a sua composição química tão diversificada tem sido alvo de diversos estudos, tal como a sua utilização como fertilizante, biogás, herbicida, inseticida, nematicida e larvicida. Esse trabalho objetivou investigar o potencial larvicida da manipueira fracionada em resíduo bruto, centrifugado e liofilizado. A atividade larvicida contra as larvas do Ae. aegypti foi avaliada nas concentrações de 5, 10, 15, 20, 25, 30, 40, 50, 60, 70, 80, 90 e 100 mg L-1. Os resultados demostraram que a concentração de manipueira influência na eficiência da atividade larvicida e que tanto o resíduo bruto quanto resíduo centrifugado exibem um potencial larvicida contra as larvas do Ae. aegypti, obtendo 100% de mortalidade das larvas em concentrações a partir de 70 mg L-1 em ambas as frações, porém, o resíduo centrifugado é ainda mais eficiente, uma vez que a mortalidade também foi efetiva em menores concentrações, perceptível no valor de CL50 encontrado que foi de 36,78 mg L-1 para o resíduo bruto e 23,17 mg L-1 para o resíduo centrifugado. O ensaio realizado com resíduo liofilizado não apresentou atividade larvicida, pois não observou nenhuma mortalidade das larvas do Ae. aegypti em 24 horas de ensaio.
Resumo inglês:For the elimination of Aedes aegypti mosquito, vector of diseases such as dengue fever, yellow fever, zika virus and chikungunya fever, some control methods are used as the mechanical, chemical and biological. However, recent studies are being carried out with the aim of eliminating or controlling this vector with the lowest possible environmental impact. Cassava wasterwater is a light-yellow milky liquid that drips from the roots of the manioc. It is considered as a suspension due to the presence of small solid particles of starch in the liquid. The toxicity of the manipueira is consequent of the β-glucoside linamarina that is easily hydrolyzed in hydrocyanic acid. Environmentally, it is a problematic waste because it has a high pollutant load with toxic effect. Improper accommodation or disposal in the environment causes negative effects on the soil, humans and animals and renders aquatic life impossible. But because of its diverse chemical composition, it has been the subject of several studies, such as its use as fertilizer, biogas, herbicide, insecticide, nematicide and larvicide. The objective of this work was to investigate the larvicidal potential of the fractionated manipueira in crude, centrifuged and lyophilized residues. The larvicidal activity against Ae. aegypti was evaluated at the concentrations of 5, 10, 15, 20, 25, 30, 40, 50, 60, 70, 80, 90 and 100 mg L-1. The results showed that the concentration of manipulative influence on the efficiency of the larvicidal activity and that both the raw residue and the centrifuged residue exhibit a potential larvicida against Ae. aegypti, obtaining 100% larval mortality at concentrations of 70 mg L-1 in both fractions, however, the centrifuged residue is even more efficient, since the mortality was also effective at lower concentrations, noticeable in the LC50 value found that was 36.78 mg L-1 for the crude residue and 23.17 mg L-1 for the residue centrifuged. The lyophilized residue test did not present larvicidal activity, as it did not observe any mortality of Ae. aegypti in 24 hours of assay.