Efeito gastroprotetor do óleo essencial da Lippia gracilis Schauer (verbenaceae)

Gastric ulcer is a disease that affects a large part of the world population, with a prevalence of 2.4% in the Western population and with annual incidence rates of 0.10% to 0.19%, with a high cure rate, but with a high recurrence rate. The essential oil (OE) of Lippia gracilis Schauer (Verbenaceae)...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2017
Main Author: Martins, Jose Diogo Lima lattes
Orientador/a: Thomazzi, Sara Maria
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Federal de Sergipe
Programa: Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas
Assuntos em Portugês:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://ri.ufs.br/handle/riufs/4002
Citação:MARTINS, Jose Diogo Lima. Efeito gastroprotetor do óleo essencial da Lippia gracilis Schauer (verbenaceae). 2017. 56 f. Dissertação (Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, 2017.
Resumo Português:A úlcera gástrica é uma doença que acomete grande parcela da população mundial, com prevalência de 2,4% na população ocidental e com taxas de incidência anuais de 0,10% a 0,19%, com alta taxa de cura, porém com elevado índice de recorrência. O óleo essencial (OE) da Lippia gracilis Schauer (Verbenaceae) é utilizado popularmente no tratamento de diversos distúrbios e apresenta atividades antinociceptiva, anti-inflamatória, antioxidante e antimicrobiana, mas seu efeito gastroprotetor ainda não foi estudado. Os animais foram tratados com OE nas doses de 20,60 e 180 mg/kg). Foi utilizado o modelo de úlceras agudas induzidas por etanol/HCl para avaliar o efeito gastroprotetor do OE e investigar alguns possíveis mecanismos envolvidos. Os animais foram pré- - adrenérgico), glibenclamida (bloqueador dos canais KATP), L-NAME (inibidor da síntese de NO), NEM (bloqueador de grupamento sulfidrílicos), indometacina (antiinflamatório não esteroidal) e todos foram tratados com OE (180mg/kg). O modelo de ligadura de piloro foi utilizado para avaliar efeito do OE sobre a secreção de muco e acidez gástrica. E a ação do OE sobre a atividade da H+, K+-ATPase avaliada por ensaio in vitro. Observamos que o OE preveniu de forma dose-dependente as lesões provocadas pelo etanol/HCl, com diminuição de edema e perdas de células epiteliais. O efeito gastroprotetor do OE foi diminuido de forma parcial pelos prétratamentos com L-NAME, glibenclamida, indometacina e ioimbina, e total com NEM. No modelo de ligadura de piloro o OE aumentou a produção de muco, foi capaz de aumentar o pH do suco gástrico, diminuir o volume de secreção e a concentração de H+. O OE inibiu a atividade da H+, K+-ATPase. Estes resultados comprova que o OE de Lippia gracilis possui efeito gastroprotetor, diminuindo a secreção gástrica e estimulando fatores protetores, com participação de NO, grupamentos sulfidrílicos, receptores -adrenérgicos, prostaglandinas e canais KATP.
Resumo inglês:Gastric ulcer is a disease that affects a large part of the world population, with a prevalence of 2.4% in the Western population and with annual incidence rates of 0.10% to 0.19%, with a high cure rate, but with a high recurrence rate. The essential oil (OE) of Lippia gracilis Schauer (Verbenaceae) is popularly used in the treatment of various disorders and presents antinociceptive, anti-inflammatory, antioxidant and antimicrobial activities, but its gastroprotective effect has not been studied yet. The animals were treated with OE at doses of 20, 60 and 180 mg/kg). The acute ethanol/HCl induced ulcer model was used to evaluate the gastroprotective effect of OE and to investigate some possible mechanisms involved. The animals were pretreated with yohimbine -adrenergic antagonist), glibenclamide (KATP channel blocker), L-NAME (NO synthesis inhibitor), NEM (sulfhydryl grouping blocker), indomethacin (nonsteroidal anti-inflammatory) And all were treated with OE (180 mg/kg). The pylorus ligature model was used to evaluate the effect of OE on mucus secretion and gastric acidity. And the action of OE on the activity of H +, K +-ATPase evaluated by in vitro assay. We observed that OE dose-dependently prevented lesions caused by ethanol/HCl, with decreased edema and loss of epithelial cells. The gastroprotective effect of OE was partially diminuided by pre-treatments with LNAME, glibenclamide, indomethacin and yohimbine, and total with NEM. In the pylori ligation model OE increased mucus production, it was able to increase the pH of the gastric juice, decrease the volume of secretion and [H +]. OE inhibited the activity of H +, K + -ATPase. These results confirm that Lippia gracilis OE has a gastroprotective effect, decreasing gastric secretion and stimulating protective factors, w -adrenergic receptors, prostaglandins and KATP channels.