Grau de aceitabilidade do reuso de água de lagoas de estabilização na agricultura irrigada

The use of treated wastewater in agriculture provides for the recycling of nutrients, it is a cheap effluent disposal option and studies predicate that there is a significant increase in agricultural productivity. The present study had as objective to analyze the agronomic influence of the reuse of...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2016
Main Author: Tavares, Bayne Ribeiro Santos Doria lattes
Orientador/a: Faccioli, Gregório Guirado
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Federal de Sergipe
Programa: Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://ri.ufs.br/handle/riufs/4243
Citação:TAVARES, Bayne Ribeiro Santos Doria. Grau de aceitabilidade do reuso de água de lagoas de estabilização na agricultura irrigada. 2016. 94 f. Dissertação (Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, 2016.
Resumo Português:O uso de água residuária tratada na agricultura proporciona a reciclagem de nutrientes, é uma opção barata de disposição de efluentes e estudos afirmam que existe um aumento significativo na produtividade agrícola. O presente estudo teve como objetivo analisar a influência agronômica do reuso de água residuária tratada no cultivo da beterraba e a aceitação pública quanto à prática desse reuso. A metodologia consistiu em uma pesquisa qualitativa e quantitativa, com duas áreas: a primeira etapa foi em casa de vegetação no Departamento de Engenharia Agronômica (DEA) na Universidade Federal de Sergipe/Campus São Cristóvão; e a segunda etapa foi realizada na Escola Estadual Professor Hamilton Alves Rocha no Conjunto Eduardo Gomes, localizado no município de São Cristóvão/SE. O delineamento experimental utilizado foi de Blocos Casualizados (DBC), composto por quatro tratamentos e cinco repetições, com 20 parcelas úteis e quatro plantas por parcela útil, com quatro percentuais de água residuária e⁄ou água potável da Companhia de Abastecimento de Sergipe (DESO); T 1-100% água da DESO; T2-75% água da DESO + 25% água residuária; T3-75% água residuária + 25% água da DESO e T4-100% água residuária. A lâmina de irrigação foi obtida utilizando-se o método do FAO 56. Na primeira etapa os dados obtidos com os parâmetros agronômicos avaliados foram submetidos à análise de variância e as médias dos tratamentos foram comparadas pelo teste de Tukey ao nível de 0,01 de probabilidade. As análises da qualidade físico-química da água residuária tratada e da água potável foram comparados pelos limites dos parâmetros físico – químicos da Classe 1 das águas doces da Resolução CONAMA 357/2005 e pela Resolução CONAMA 430/2011. Para a segunda etapa, a seleção da amostra referente à aplicação do formulário de pesquisa foi determinada por amostra simples e aleatória da população finita, com erro experimental de no máximo 10%. Os resultados obtidos nas análises demonstraram que a água de reuso não serviu de aporte nutricional para o desenvolvimento da beterraba, pois o Tratamento 1 (T1) com a utilização de 100% de água potável apresentou melhores resultados em comparação aos outros tratamentos, principalmente na diferenciação referente à massa fresca da raiz. Quanto ao grau de aceitação o maior número dos discentes aceita a reutilização de água proveniente de estação de tratamento.
Resumo inglês:The use of treated wastewater in agriculture provides for the recycling of nutrients, it is a cheap effluent disposal option and studies predicate that there is a significant increase in agricultural productivity. The present study had as objective to analyze the agronomic influence of the reuse of wastewater treated in the beet cultivation and the public acceptance as to the practice of this reuse. The methodology consisted of a qualitative and quantitative research, with two areas: the first stage was in greenhouse at the Department of Agronomic Engineering (DEA) at the Federal University of Sergipe/São Cristóvão Campus; and the second stage was performed at the Escola Estadual Professor Hamilton Alves Rocha in the Eduardo Gomes Complex, located in the municipality of São Cristovão/SE. The experimental design used was Randomized Blocks (DBC), composed of four treatments and five replicates, with 20 useful plots and four plants per useful plot, with four percentages of wastewater and / or drinking water from the Sergipe Supply Company (DESO); T 1-100% DESO's water; T2- 75% DESO's water + 25% wastewater; T3-75% wastewater + 25% DESO's water and T4- 100% wastewater. The irrigation blade was obtained using the method of FAO 56. In the first stage the data obtained with the agronomic parameters evaluated were submitted to analysis of variance and the averages of the treatments were compared by the Tukey test at the level of 0.01 of probability. The physical-chemical quality analyzes of treated wastewater and drinking water were compared by the limits of the physical-chemical parameters of Class 1 fresh waters of CONAMA Resolution 357/2005 and CONAMA Resolution 430/2011. For the second stage, the selection of the application sample of the research form was determined by a simple and random sample of the finite population, with an experimental error of maximum 10%. The results obtained in the analyzes showed that the reuse water did not serve as a nutritional contribution for the beet's development, since Treatment 1 (T1) with the use of 100% of drinking water presented better results in comparison to the others treatments, mainly in the differentiation referring to the fresh root mass. As for the degree of acceptance, the greater number of students accept the reuse of water from the treatment station.