Perfil metabólico e desempenho produtivo de ovelhas Santa Inês suplementadas com ionóforo durante o período de transição

The experiment was conducted from August 2011 to May 2012 in the Sheep Sector, Federal University of Sergipe. Aimed to study the effects of the transition period on dry matter intake, milk production, body condition score, body weight and metabolic profile, characterizing the transition period in Sa...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2013
Main Author: Carvalho, Camila Thiara Gomes lattes
Orientador/a: Santos, Anselmo Domingos Ferreira
Format: Dissertação
Language:por
Programa: Pós-Graduação em Zootecnia
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://ri.ufs.br/handle/riufs/6402
Resumo Português:O experimento foi realizado no período de agosto de 2011 a maio de 2012 no Setor de Ovinocultura da Universidade Federal de Sergipe. Objetivou-se estudar os efeitos do período de transição sobre o consumo de matéria seca, produção de leite, escore de condição corporal, peso corporal e perfil metabólico, caracterizando o período de transição em ovelhas Santa Inês. Foram utilizadas 10 fêmeas ovinas, nullíparas, gestantes. Os animais foram confinados 30 dias antes do parto previsto até 60 dias após o parto. Para o estudo das variáveis CMS, CMS (% PV), peso, ECC e perfil metabólico foram analisados em três períodos: Período 1: animais dos 21 dias pré-parto até o parto; Período 2: animais do parto até 21 dias pós-parto; Período 3: animais acima de 21 dias pós-parto. As variáveis relacionadas à produção de leite (kg de leite / dia, kg de leite corrigido a 3,5% de gordura / dia, porcentagem de gordura e produção de gordura em kg) foram divididos em dois períodos: PL30 (do parto até 30 dias); PL60 dias (de 30 a 60 dias após o parto). Houve diferença significativa (P<0,05) no CMS e CMS (% PV) entre os períodos estudados, apresentando maior consumo no período 3, com média de 1,58 ± 0,07 kg e 2,83 ± 0,16 %, respectivamente. O peso corporal e ECC apresentaram diferença significativa (P<0,05) no período 1, com médias 55,28 ± 1,12 e 3,34 ± 0,06 respectivamente. Os resultados à produção e composição do leite (PL, PLC, Gkg, G%) apresentaram diferença entre os períodos de lactação (P<0,05), com máxima eficiência no PL30. Não houve diferença significativa (P>0,05) as variáveis do perfil metabólico (glicose, proteína total, uréia, albumina, triglicerídeo e AGNE). O período de transição em ovelhas Santa Inês foi caracterizado 21 dias pré parto e 21 dias pós parto.
Resumo inglês:The experiment was conducted from August 2011 to May 2012 in the Sheep Sector, Federal University of Sergipe. Aimed to study the effects of the transition period on dry matter intake, milk production, body condition score, body weight and metabolic profile, characterizing the transition period in Santa Ines sheep. We used 10 ewes, nullíparas, pregnant. The animals were confined to 30 days before expected farrowing until 60 days after delivery. To study the variables CMS, CMS (% BW), weight, BCS and metabolic profile were analyzed in three periods: Period 1: animals of 21 days pre-partum until delivery; Period 2: animals calving until 21 days postchildbirth; Period 3: animals over 21 days postpartum. Variables related to milk production (kg milk / day, kg corrected milk at 3.5% fat / day, fat percentage and fat yield in kg) were divided into two periods: PL30 (birth to 30 days); PL60 days (30-60 days postpartum). There were significant differences (P <0.05) in CMS and CMS (% PV) between the periods studied, with higher consumption in period 3, with a mean of 1.58 ± 0.07 kg and 2.83 ± 0.16% , respectively. Body weight and BCS showed significant differences (P <0.05) in period 1, with average 55.28 ± 1.12 and 3.34 ± 0.06 respectively. The results of the production and milk composition (PL, PLC, Gkg, G%) were similar between periods of lactation (P <0.05), with maximum efficiency in PL30. There was no significant difference (P> 0.05) variables of the metabolic profile (glucose, total protein, urea, albumin, triglycerides and AGNE). The transition period in Santa Inês ewes was featured 21 days pre partum and 21 days postpartum.