Da hipnose à psicanálise : clínica, ciência e política

The objective of the present work is to emphasize the theatrical importance of the concepts of libido and transference and their developments in the clinical, scientific and political fields. Such attempt is justified by the fact that, when using these concepts, Freud operates a transformation which...

Nível de Acesso:openAccess
Publication Date:2015
Main Author: Andrade, Tatiane de lattes
Orientador/a: Coelho, Daniel Menezes
Format: Dissertação
Language:por
Published: Universidade Federal de Sergipe
Programa: Pós-Graduação em Psicologia Social
Assuntos em Português:
Assuntos em Inglês:
Áreas de Conhecimento:
Online Access:https://ri.ufs.br/handle/riufs/5967
Citação:ANDRADE, Tatiane de. From Hypnosis to Psychoanalysis : Clinic, Science and Politics. 2015. 136 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2015.
Resumo Português:O presente trabalho tem como objetivo resgatar a importância teórica dos conceitos de libido e transferência e seus devidos desdobramentos nos campos da clínica, da ciência e da política. Este intento se justifica na medida em que, ao lançar mão de tais conceitos, Freud opera uma transformação que já havia sido iniciada com Charcot nas formas de entender e lidar com o adoecimento psíquico, circunscrito que estava aos limites da fantasia e da simulação. Para além desse fator, o pai da psicanálise alarga também o campo de alcance destes conceitos, visto que a libido terá papel preponderante no novo saber que se esboça ao afirmá-la como o algo fundamental que possibilita tanto a prática clínica por via da transferência quanto a formação do laço social. Para tanto construiremos nossa argumentação com o resgate dos antecessores da prática clínica freudiana - magnetismo animal, sugestão e hipnose - para daí fazer derivar a postulação do conceito de transferência, que não representará apenas uma evolução na técnica a qual repercutirá nos registros da clínica; mas, a um só golpe, promove também uma transformação no campo epistêmico, ao propor uma outra noção de realidade, agora psíquica, cujo princípio ordenador será aquele mesmo que figura como condição de possibilidade da transferência, a saber, a libido, questão essa de interesse no meio científico; e, por fim, chegaremos ao alcance ético dos conceitos de libido e da transferência, os quais permitirão pensar a regulação do espaço social a partir das relações estabelecidas entre os diferentes sujeitos, propositura política por excelência.
Resumo inglês:The objective of the present work is to emphasize the theatrical importance of the concepts of libido and transference and their developments in the clinical, scientific and political fields. Such attempt is justified by the fact that, when using these concepts, Freud operates a transformation which had already begun with Charcot in the forms of understanding and dealing with psychic derangement, which was circumscribed to the limits of fantasy and simulation. Beyond that factor, the father of psychoanalysis also enlarges the range of these concepts, since the libido will have a preponderant role in the new knowledge that is designed when he affirms it as |something fundamental| which allows the clinical practice by means of transference as well as the formation of the social tie. In order to achieve our objective, we will develop our reasoning by reviewing the predecessors of Freudian clinical practice animal magnetism, suggestion and hypnosis and from that point derive the postulation of the concept of transference, which will not represent only an evolution of the technique that will have effects in the clinical records; but, at the same time, will also promote a transformation in the epistemic field, as it proposes another notion of reality, a psychic one, whose ordering principle will be the same which figures as a condition for the possibility of the transfer, that is, the libido, which is an issue of impact in the scientific field; finally, we will address the ethical reach of the concepts of libido and transference, which will allow regarding the regulation of the social space from the point of view of the relations established among the different subjects, a preeminently political proposition.